Connect with us
Jael estava no Ceará na última temporada e acertou com o Náutico Jael estava no Ceará na última temporada e acertou com o Náutico

CECearáSérie AÚltimas

Ceará derrota Chapecoense, volta a vencer após seis rodadas e se distancia do Z4

Foto: Caio Rocha/FramePhoto/Gazeta Press via Twitter da Série A

Published

on

De uma só vez o Ceará voltou a balançar as redes na Série A do Campeonato Brasileiro depois de três jogos, quebrou o jejum de seis rodadas sem vencer e Tiago Nunes conquistou a primeira vitória no clube. Na tarde deste sábado (25), no Castelão, em uma partida de chances para os dois lados, o Vozão foi mais competente e derrotou a Chapecoense por 1×0, com gol de Jael.

A última vitória do Ceará havia sido no dia 1º de agosto no clássico contra o Fortaleza. Desta forma, voltar a conquistar um resultado positivo afastou o Alvinegro da zona de rebaixamento. A equipe subiu para o 10º lugar com 28 pontos. O próximo adversário será o Bahia, no sábado (2), às 19h, na Arena Fonte Nova. Já a Chapecoense segue afundada na lanterna com dez pontos e receberá o São Paulo, domingo, às 16h, na Arena Condá.

Etapa de chances perdidas

Nenhum dos dois times pode reclamar de falta de oportunidades na etapa inicial. Do primeiro ao último minuto, as chances foram criadas e desperdiçadas. Os times pareciam sempre no limite para fazer ou sofrer um gol, mas ninguém balançou as redes.

A Chapecoense chegou duas vezes com perigo em cinco minutos. Na primeira, Anselmo Ramon cabeceou para fora. Já na sequência, o atacante finalizou e Luiz Otávio salvou em cima da linha para evitar o gol dos visitantes. 

Passado os sustos iniciais, o Ceará passou a ocupar mais o campo de ataque e também assustou. Kelvyn saiu na cara do goleiro após falta cobrada por Jael, mas pegou mal na bola. Fernando Sobral, de fora da área, mandou ao lado da trave na metade do primeiro. Enquanto Kelvyn, outra vez na frente de Keiller, chutou para uma grande defesa do goleiro da Chapecoense para segurar o 0x0.

Gol apenas de pênalti

Na volta do intervalo, o ritmo também foi intenso nos primeiros minutos. Logo com um minuto, a equipe catarinense quase abriu o placar com Anselmo Ramon, que mandou de bicicleta perto da meta de Richard. Mas o gol saiu mesmo para o Ceará. Aos cinco minutos, Luiz Otávio foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. Jael cobrou com cavadinha, no canto do goleiro e abriu o marcador. 

Após o gol, a partida seguiu aberta e o panorama ficou mais favorável ao Vozão com a expulsão de Jordan, aos 22 minutos, ao receber o segundo cartão amarelo. A Chape, mesmo com menos um, ainda acertou a trave com Derlan após cobrança de escanteio, mas foi um lance isolado.

O Ceará foi perigoso nos contra-ataques e ficou no quase por duas vezes com Erick. Em uma o goleiro Keiller salvou e na segunda a bola foi para fora. Enquanto Marlon recebeu na entrada da pequena área e obrigou Keiller a fazer outra grande defesa. Nos acréscimos, Lima também perdeu uma chance clara para o Ceará e Geuvânio quase empatou. Mas o jogo terminou mesmo em 1×0.

Ficha do jogo

Ceará 1
Richard; Gabriel Dias, Gabriel Lacerda, Luiz Otávio e Bruno Pacheco (Lima); Geovane (Marlon), Fernando Sobral e Vina (Gabriel Santos); Rick (Erick), Kelvyn e Jael (Cléber). Técnico: Tiago Nunes.  

Chapecoense 0
Keiller; Matheus Ribeiro, Kadu, Jordan e Busanello (Geuvânio); Alan Santos (Ezequiel), Denner, Bruno Silva (Perotti) e Moisés Ribeiro (Lima); Mike e Anselmo Ramon (Derlan). Técnico: Pintado.

Local: Arena Castelão, em Fortaleza-CE.
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Jean Márcio dos Santos (RN) e Lorival Cândido das Flores (RN).
Gols: Jael (Ceará), aos 7 do 2ºT; 
Cartões amarelos: Moisés Ribeiro, Lima e Jordan (Chapecoense).
Cartão vermelho: Jordan (Chapecoense)

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados