conecte-se conosco
Claudinei, volante do CRB Claudinei, volante do CRB

ALCRBSérie BÚltimas

CRB tem expulsão no fim do primeiro tempo e perde do Botafogo pela Série B

Foto: Vítor Silva/Botafogo FR

Publicados

em

O CRB vinha fazendo jogo equilibrado, mas uma expulsão no fim da primeira etapa prejudicou bastante e fez ruir os planos do Galo, que perdeu por 1 a 0 do Botafogo fora de casa, pela Série B. O gol do Alvinegro foi marcado por Marco Antônio. Resultado amargo para o Alvirrubro.

Com o resultado, o CRB segue na quinta colocação da Segunda Divisão, com 48 pontos. Enquanto que o Botafogo retoma a vice-liderança, com 51. O Galo volta a campo na próxima sexta-feira (15) no estádio Rei Pelé, em Maceió-AL, às 19h, contra o Guarani. O Alvinegro carioca joga na terça (12) contra o Cruzeiro, na Arena Independência, em Belo Horizonte-MG.

Confira a tabela da Série B

Expulsão complica CRB, que leva gol no fim

Um jogo bastante equilibrado entre Botafogo e CRB no estádio Nilton Santos, sem grandes oportunidades. A forte marcação do Galo vinha funcionando bem, travando os principais atletas de criação dos donos da casa, como o meia Chay, além das chegadas dos pontas. Por outro lado, o Alvirrubro encontrava um pouco mais de espaço e teve até a primeira chance da partida, aos três minutos, com Alisson Farias. O meia-atacante recebeu com espaço na entrada da área, mas isolou o chute.

O Botafogo começou a forçar o jogo no lado esquerdo do CRB, onde Guilherme Romão não conseguiu conter as investidas ali. Porém, aos 32, o lance capital que mudou os rumos do jogo. Caetano chegou atrasado em lance no meio de campo e atingiu o rosto de Rafael Navarro com a sola da chuteira. Vermelho mais do que justo. Com um a menos, o Galo não soube acertar a marcação, mesmo recompondo a defesa com a entrada de Roberto. Assim, aos 44, o Alvinegro abriu o placar. Após cruzamento pela direita, em cima de Romão, a bola atravessou a área e parou na segunda trave, com Marco Antônio, que bateu de chapa para o gol.

Botafogo administra resultado e mata nos acréscimos

Na segunda etapa, ficou claro que o CRB tentou conter os danos. O técnico Allan Aal fez alterações no intervalo e a equipe mantinha a postura reativa, se postando na marcação com blocos baixos, aguardando os donos da casa para poder contra-atacar. Contudo, tendo o placar em mãos, o Botafogo dosava a intensidade e “gastava” a bola no campo de ataque. Teve sua primeira chegada aos 15, com Chay. O meia tentou de bicicleta dentro da área, mas jogou por cima da meta.

Com o resultado nas mãos, sem ser incomodado na defesa, o Alvinegro carioca se acomodou com o placar. Administrou, não forçou para marcar o segundo gol sem estar bem encaixado, e achou espaço em contra-ataques. Aos 29 minutos, Depois de cobrança de escanteio, o Botafogo contra-atacou e viu o Galo com a defesa aberta. Chay lançou Rafael Navarro, livre de marcação, que invadiu a área e bateu em cima de Diogo Silva. No fim, os donos da casa mataram o jogo. Warley cruzou pela direita, a bola atravessou a área e encontrou Carlinhos do outro lado, que bateu forte na saída do goleiro. Derrota dolorida, mas é preciso juntar os cacos para tentar o retorno ao G4.

Ficha do jogo

Botafogo (2)

Diego Loureiro; Jonathan (Daniel Borges), Kanu, Joel Carli e Jonathan Silva (Carlinhos); Barreto, Luís Oyama e Chay (Luiz Henrique); Warley, Marco Antônio (Diego Gonçalves) e Rafael Navarro (Rafael Moura). Técnico: Enderson Moreira.

CRB (0)

Diogo Silva; Reginaldo, Gum, Caetano e Guilherme Romão; Claudinei, Jean Patrick (Wesley) e Diego Torres (Calyson); Alisson Farias (Roberto), Jajá (Erik) e Nicolas Careca (Júnior Brandão). Técnico: Allan Aal.

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro-RJ.

Árbitro: Antônio Dib Moraes de Sousa (PI).

Assistentes: Rogério de Oliveira Braga e Mauro Cezar Evangelista de Sousa (ambos PI).

Gols: Marco Antônio, aos 44′ do 1ºT, e Carlinhos, aos 48′ do 2ºT (BOT).

Cartões amarelos: Diego Torres, Roberto, Erik e Gum (CRB).

Cartão vermelho: Caetano (CRB).

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending