conecte-se conosco

ALCRBSérie BÚltimas

CRB sofre dois gols, reage no final e empata com o Guarani

Foto: Francisco Cedrim/ AscomCRB

Publicados

em

O resultado não foi o ideal para o CRB na briga pelo acesso, mas a reação é para ser valorizada e comemorada. Após sofrer dois gols com Thales e Régis, o Galo reagiu e foi buscar o empate com Júnior Brandão e Wesley, de pênalti, nos acréscimos, para ficar no 2×2 com o Guarani, na noite desta sexta-feira (15), no Rei Pelé. 

Com o resultado, ao menos de forma momentânea, o CRB entrou no G4. A equipe chegou ao 4º lugar com 49 pontos e, na próxima segunda-feira (18), enfrenta o Vila Nova, às 20h, no OBA, em Goiânia. Já o Guarani está em 6º com 46 pontos e receberá o Confiança, sexta-feira (22), às 19h, no Brinco de Ouro.

Vacilo no início e desvantagem

O CRB deu um vacilo no início da partida e logo ficou em desvantagem. O relógio marcava apenas seis minutos quando Régis cobrou um escanteio, Thales cabeceou e marcou. Diogo Silva ainda tentou defender, mas a bola já tinha cruzado a linha e o Guarani abriu o placar.

Atrás do placar, o Galo teve dificuldades para criar jogadas e chegar ao empate. A equipe rodou a bola em busca de espaço, mas apenas na bola parada houve um momento de perigo. Aos 23 minutos, Guilherme Romão cobrou um escanteio na primeira trave, Nicolas Careca desviou e a bol passou próximo da trave. Pablo Dyego até tentou em uma jogada individual na sequência. Porém, chutou para fora depois de passar pela marcação.

Reação com pênalti no fim 

A ansiedade ficou clara na equipe alagoana na volta do CRB. A equipe não conseguiu ter criatividade para reagir. Os ataques se resumiram às bolas paradas, mas com pouca efetividade e quase sem perigo. Enquanto o Guarani explorava os contra-ataques e era mais incisivo.

Foi assim que, aos 19 minutos, o Bugre ampliou a vantagem. Em rápido contragolpe, Régis tocou para Allan Victor, que mandou para Bidu. O lateral devolveu para Régis chutar no canto esquerdo do goleiro e fazer 2×0. 

Na base da individualidade, o CRB diminuiu o marcador aos 32. Jajá recebeu na lateral da área, passou por Bidu e cruzou para Júnior Brandão empurrar para o fundo das redes. E o empate saiu com drama. Aos 44 minutos, Heber Roberto Lopes marcou um pênalti para o Galo após consultar o VAR. Maxwell acertou um chute em Guilherme Romão na área. Wesley foi para a cobrança e deixou tudo igual para dar números finais ao jogo. 

Ficha do jogo

CRB 2
Diogo Silva; Reginaldo, Gum, Roberto (Ewerton Páscoa) e Guilherme Romão; Claudinei (Dudu), Jean Patrick (Wesley) e Renan Bressan (Júnior Brandão); Pablo Dyego (Emerson Negueba), Jajá e Nicolas Careca. Técnico: Allan Aal.

Guarani 2
Rafael Martins; Diogo Mateus, Thales, Carlão e Bidu; Bruno Silva, Índio (Ronaldo Alves) e Régis (Tony); Bruno Sávio (Maxwell), Allan Victor (Eliel) e Júnior Todinho (Andrigo). Técnico: Daniel Paulista.

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió-AL
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Éder Alexandre (SC) e Johnny Barros Oliveira (SC).
Gols: Thales (Guarani), aos 6 do 1ºT; Régis (Guarani), aos 19 do 2ºT; Júnior Brandão (CRB), aos 32 do 2ºT; Wesley (CRB), aos 47 do 2ºT.
Cartões amarelos: Nicolas Careca e Guilherme Romão (CRB); Ronaldo Alves, Mawwell, Bruno Silva e Índio (Guarani).

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending