conecte-se conosco

PBSérie DÚltimas

Dois dias depois do acesso, presidente do Campinense abdica de tentar reeleição

Ascom/Campinense

Publicados

em

O acesso do Campinense à Série D, confirmado há apenas dois dias, pode ser o capítulo final da gestão do presidente Phelipe Cordeiro na Raposa. Afirmando um sentimento de dever cumprido, o mandatário rubro-negro anunciou nesta segunda-feira que não irá lançar candidatura para reeleição no pleito que acontece no fim do próximo mês.

Oficialmente, Phelipe segue ocupando a presidência do Campinense até 31 de dezembro, último dia do mandato para o qual foi eleito em mandato tampão no último dia 27 de dezembro.

Essa tempo mais curto foi decorrente de uma grave crise administrativa vivida pela Raposa no ano passado, que culminou em algumas renúncias, vacando o posto presidencial do clube.

Agora, com a certeza de sua saída do processo eleitoral, o jogo político do clube será redesenhado para definir o seu substituto, com a expectativa de pleito com chapa única, de situação.

Em sua carta de despedida, Phelipe comemorou as conquistas que o clube teve nesse meio tempo. “Foram muitas dúvidas e muitas incertezas que se tornaram combustíveis, para que a cada dia todos nós pudéssemos trabalhar mais e mais, buscando essa reaproximação do torcedor com a instituição e reacendendo a chama de ser raposeiro”, afirmou o presidente.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending