conecte-se conosco

PESérie ASportÚltimas

Com um a mais, Sport vence Chape em SC pela primeira vez na história

Foto: Anderson Stevens/Sport

Publicados

em

Talvez nenhum jogo em todo este Brasileirão valesse tão pouco quando o confronto entre Chapecoense e Sport, nesta noite de segunda-feira. Mas esse confronto dos já rebaixados lanterna e vice-lanterna serviu para quebrar um tabu, com o Sport conseguindo a sua primeira vitória sobre a Chapecoense em Santa Catarina na história. Os três pontos vieram em uma vitória por 1 a 0, com gol de Luciano Juba, já na reta final do jogo.

O Leão teve um a mais em campo, com Geuvânio tendo sido expulso logo aos cinco minutos. Em campo, o time conseguiu ser superior em maior parte do jogo, mas viu a Chapecoense crescer nos 15 minutos finais. E, justo quando os verdes viviam seu melhor momento no jogo, o Rubro-Negro marcou o seu gol solitário.

Na prática, ficou clara a intenção de Gustavo Florentín de dar espaço para os jovens. Ao todo, entre titulares e reservas, o Sport utilizou 11 jogadores revelados em Paratibe. Isso, desde nomes mais rodados, como Everton Felipe e Ronaldo Henrique, até os recém-promovidos, como Flávio Souza, que tinha apenas um jogo; Pedro Victor, que tinha três; e Cristiano, que tinha sete.

Como fica?

Nada muda na vida das equipes, com os pernambucanos em 19º e os catarinenses em 20º. Ambos rebaixados. Cumprindo tabela na rodada final, os dois jogam às 21h30 da quinta-feira. O Sport recebe o Athletico-PR. A Chapecoense visita o Fluminense.

Primeiro tempo

Foram apenas cinco minutos de jogo até que o Geuvânio, da Chapecoense, fosse expulso. O atacante deu uma entrada forte sobre Zé Welison e, após análise do VAR, recebeu o cartão vermelho direto. Assim, na prática, o Sport teve um jogador a mais por toda a partida.

Com dois times já rebaixados e já garantidos nas das últimas posições do campeonato, a expetativa era de um jogo melancólico. E, às vezes, até dava para sentir esse clima, com falhas individuais e momentos de baixa intensidade.

Mas, para além disso, o Sport era quem propunha o jogo. Com mais de 70% da posse de bola no primeiro tempo, o Leão construía o seu jogo no campo de ataque e buscava o gol. Isso se refletiu no número de finalizações (14×6 para os visitantes). Na prática, porém, poucos desses chutes conseguiram levar algum tipo de perigo.

Segundo tempo

Com o passar do jogo, a Chape foi perdendo força e tendo, a cada vez, mais dificuldade de engatar os contra-ataques. Com isso, a partida ficou tranquila para o Sport, que não tinha necessidade de buscar um resultado e também não recebia pressão do adversário.

Assim, o jogo caminhou para uma queda de ritmo, com um Leão que até pressionava, mas não furava a última linha catarinense e via suas chances limitadas a chutes de fora. E foi assim até o fim da partida, com bastante disputa na faixa central, mas pouca criatividade nos ataques.

Nos 15 minutos finais, a lógica do jogo se inverteu. Com as duas trocas do Sport na cabeça de área, a Chapecoense conseguiu crescer e encontrar espaço para aplicar suas jogadas de velocidade. Mas, ainda assim, quem marcou foi o Sport. Aos 41, Luciano acertou um foguete da intermediária para ver a bola triscar no travessão e morrer no gol.

Ficha do jogo

Chapecoense (0)
João Paulo; Ronei, Joílson, Ignácio, Mancha; Moisés Ribeiro (Ryan), Renê Júnior (Busanello), Marquinho (Kaio Nunes) e Mike (Rodriguinho); Pedro Perotti (Henrique Almeida) e Geuvânio. Técnico: Felipe Endres.

Sport (1)
Mailson; Ewerthon, Rafael Thyere, Sabino e Chico (Luciano Juba); Zé Welison (Cristiano), Marcão Silva (Ronaldo Henrique) e Gustavo (Pedro Victor); Santiago Tréllez (Flávio Souza), Everton Felipe e Mikael. Técnico: Gustavo Florentín.

Local do jogo: Arena Condá, em Chapecó-SC
Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli da Silva (MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE)
Gol: Luciano Juba (41’/2ºT | SPO)
Cartão vermelho: Geuvânio (CHA)
Cartões amarelos: Mike, Renê Júnior, Moisés Ribeiro (CHA), Zé Welison, Sabino, Marcão Silva e Rafael Thyere (SPO)
Torcedores: 1.658 torcedores

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados