conecte-se conosco
Gustavo Coutinho, Botafogo-PB Gustavo Coutinho, Botafogo-PB

Copa do NordestePBPEÚltimas

Botafogo-PB: Coutinho ressalta estudo para explorar pontos fracos do Náutico

Foto: Guilherme Drovas/Botafogo-PB

Publicados

em

Botafogo-PB e Náutico fazem, nesta quarta-feira (23), mais um confronto das quartas de final da Copa do Nordeste. O jogo acontece no Almeidão e é esperado um equilíbrio grande entre as duas equipes. Então, já que as coisas devem ser resolvidas nos detalhes, é isso onde o Belo se apega.

Com uma troca recente de técnico, o Náutico tem começado a fazer uma boa sequência com Felipe Conceição. De olho nesse momento do adversário, o atacante Gustavo Coutinho afirmou que o Botafogo-PB vem estudando as fragilidades demonstradas pelos pernambucanos para explorá-las e sair vitorioso na eliminatória do Nordestão.

“Temos um trabalho de monitoramento muito atuante aqui em nosso clube. Além do Gerson Gusmão e seu staff, o nosso setor de análise está muito ligado no Náutico. Sabemos da qualidade do nosso adversário, sabemos do bom momento desde a chegada do Felipe Conceição, e sabemos que, quando há essa troca, há pontos positivos e negativos”, disse o centroavante do Botafogo-PB.

“Positivamente falando, sabemos que os atletas ficam mais motivados, querendo mostrar trabalho, mas temos noção que eles possuem pontos fracos que serão entendidos e explorados por nós, assim como eles vão tentar fazer conosco. Temos certeza que, de posse desses dados, a nossa comissão técnica nos dará um norte para conquistarmos esse resultado positivo”, acrescentou Coutinho.

Entrosamento do Botafogo-PB como trunfo

Com alguns jogadores que vêm jogando desde a última temporada e outras peças pontuais para preencher lacunas, o Botafogo-PB vem crescendo e se encontrando cada vez mais em 2022. Até o momento, a equipe já soma 11 partidas de invencibilidade no ano e apenas uma derrota, na sua estreia na Copa do Nordeste, para o CSA.

De lá para cá, são seis vitórias e cinco empates. Um momento positivo, de crescente, que Gustavo Coutinho dá os créditos ao técnico Gerson Gusmão pela equipe ter alcançado.

“Nós conseguimos nos entrosar mais, nos entender melhor e, principalmente, assimilar o esquema tático proposto pelo professor Gerson. Nós temos tentado fazer o nosso melhor para que possamos estar bem, independentemente de adversário ou competição. Hoje nos entendemos só por olhares, e isso é muito por conta do trabalho proposto pela comissão técnica”, encerrou.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Trending