Connect with us
Marcelo Segurado, executivo de futebol do Santa Cruz Marcelo Segurado, executivo de futebol do Santa Cruz

PESanta CruzSérie DÚltimas

Santa Cruz muda foco para a Série D e deve ter mudanças no elenco, revela executivo

Rafael Melo/SCFC

Published

on

Depois da eliminação do Santa Cruz na semifinal do Campeonato Pernambucano, o Tricolor muda o foco e já começa a pensar na disputa da Série D. Para o novo torneio, o elenco deve passar por mudanças, com jogadores chegando e saindo, em um processo que pode começar ainda nesta semana.

Esse detalhamento veio do executivo de futebol do Santa Cruz, Marcelo Segurado. Na primeira entrevista após a eliminação coral, o gestor negou que a saída do Estadual tenha causado decepção dentro do clube e disse que ainda não chegaram buscas oficiais por jogadores corais.

Olhando para o elenco coral, Segurado reforçou o que já falou em algumas oportunidades nesta temporada: o Santa Cruz busca a contratação de um zagueiro, um atacante de velocidade e um centroavante. Ele projetou que esses reforços podem chegar em breve.

“A gente está fazendo todo esforço para que que alguns atletas que a gente tem interesse já possam estar aqui nesta semana ou, no mais tardar, na semana que vem”. Mas, mesmo com essas posições como prioridade, Segurado não negou a chance de trazer mais nomes.

“Dentro do mercado podem surgir situações interessante para nós em outras posições, mas nós temos o orçamento e em cima disso a gente está trabalhando. Dentro daquilo que a gente se propôs, que a gente iria tratar com trabalhar com 25 ou 26 jogadores de linha”.

Uns chegam, outros saem…

Mas, para abrir espaço no elenco, o Santa Cruz também vai ter que abrir mão de algumas peças que fizeram parte do elenco neste primeiro trimestre. Marcelo Segurado afirmou que essas saídas são um processo já esperado no planejamento do clube.

“É uma coisa natural de qualquer clube, principalmente em um clube como o Santa Cruz, que nós fizemos uma montagem de 100% dos atletas. Evidente que alguns não dariam a resposta que a gente esperava e alguns se destacariam muito”.

Ainda assim, ele evitou falar em número de saídas. “Não, número não. A gente está tratando aqui com pessoas, eu não vou ficar tratando de números, desumanizando uma uma situação que já não é tão confortável assim”.

Quanto aos jogadores que poderiam sair por interesse de outras equipes, Segurado negou que o Tricolor tenha recebido propostas por seus destaques. “Acho que nenhum tipo de oferta ou de busca oficial aconteceu até o momento”. Mas ele também garantiu que o Tricolor não vai perder ninguém de graça.

“Se algum clube chegar aqui e e pagar multa, por lei, a gente tem que liberar. Agora, de graça, de uma forma que o Santa Cruz não tenha nenhum tipo de recompensa, com certeza não vai sair”.

A queda no Pernambucano

Outro tema tratado pelo executivo coral foi a eliminação do Santa Cruz no Campeonato Pernambucano. Com essa saída, o clube não garantiu as vagas para a fase de grupos da Copa do Nordeste ou mesmo para a disputa da Copa do Brasil, que eram dois dos principais objetivos tricolores no torneio.

Ainda assim, Segurado negou que a saída antecipada tenha causado decepção dentro do clube, ainda mais pela forma como tudo aconteceu na partida decisiva da semifinal e ao longo da montagem do time para 2022.

“De forma alguma que tenha gerado alguma decepção. Nós fizemos o trabalho dentro da expectativa. Era para chegar na final do Pernambucano, mas não chegamos por questão das penalidades (…) eu tenho que enaltecer esse grupo e ter um sentimento de muito orgulho de ter formado esse grupo nessas condições”.

Leia a íntegra da coletiva do executivo do Santa Cruz

Há decepção pela eliminação do Pernambucano?

“De forma alguma que tenha gerado alguma decepção. Nós fizemos o trabalho dentro da expectativa. Era para chegar na final do Pernambucano, mas não chegamos por questão das penalidades, não acredito que penalidade venha ser uma questão de loteria”.

“Nós fizemos um baita jogo. Nos quatro últimos jogos, a gente veio crescendo tecnicamente, coletivamente, e eu só tenho que enaltecer esse grupo. Nós fomos eliminados nos pênaltis, não perdemos na casa do adversário com todas as dificuldades”.

“Então, eu tenho que enaltecer esse grupo e ter um sentimento de muito orgulho de ter formado esse grupo nessas condições”.

Há propostas por jogadores?

“Até o momento, essa informação não chegou. Acho que nenhum tipo de oferta ou de busca oficial aconteceu até o momento. Agora, em relação a isso, a precaução que nós temos são os contratos, nós temos multas e, obviamente, vários jogadores desse elenco chamaram atenção em virtude do que foi mostrado individualmente e coletivamente”.

“Há inclusive vários jogadores que estavam desacreditados, sumidos no mercado, e voltaram a ter uma visibilidade com essa camisa, no esforço próprio. Então, até o momento, não. O que temos como garantia é o contrato. Se algum clube chegar aqui e e pagar multa, por lei, a gente tem que liberar. Agora, de graça, de uma forma que o Santa Cruz não tenha nenhum tipo de recompensa, com certeza não vai sair”.

“E vamos trabalhar também para a troca. Tem alguns atletas que a gente entende que que possam ser liberados para que possam disputar outros campeonatos e dar sequência na carreira”.

Como está o processo de contratação

“O discurso sempre foi esse, que nós teríamos que ter uma situação de salários de funcionários e de atletas equilibrados. O presidente Antônio (Luiz Neto) assumiu há pouco tempo, não tem um mês ainda, e ele está trabalhando para que isso possa ser colocado em dia”.

“Isso às vezes atrapalha essa estabilidade internamente, até no momento de trazer um outro atleta. Mas a gente tem muita confiança no trabalho dessa direção, no trabalho do presidente Antônio e dos demais dirigentes que chegaram juntamente a ele”.

“Então, em cima disso, a gente a gente está trabalhando e tem uma expectativa boa para que possa ter uma sequência no principal objetivo nosso do ano, que é o acesso. O campeonato vai começar em menos de dez dias e a gente vai estar jogando aquilo que é mais importante para o 2022 do Santa Cruz”.

Atletas vão sair do Santa Cruz?

“Isso é óbvio. A gente já havia dito antes mesmo de começar, é uma coisa natural de qualquer clube, principalmente em um clube como o Santa Cruz, que nós fizemos uma montagem de 100% dos atletas. Evidente que alguns não dariam a resposta que a gente esperava e alguns se destacariam muito”.

“A gente tem um trabalho de dar tranquilidade a isso. E esses que não entregaram aquilo que a gente achava que poderia entregar, vamos conversar e ver qual a melhor solução e a forma para que eles possam continuar suas carreiras em outros clubes”.

Mas há um número de saídas?

“Não, número não. A gente está tratando aqui com pessoas, eu não vou ficar tratando de números, desumanizando uma uma situação que já não é tão confortável assim”.

O Santa Cruz procura reforços para quais posições?

“A gente está fazendo todo esforço para que que alguns atletas que a gente tem interesse já possam estar aqui nesta semana ou, no mais tardar, na semana que vem. Eu sempre venho colocando que as posições iniciais são um zagueiro, um centroavante e um atacante de velocidade”.

“Dentro do mercado podem surgir algumas situações interessante para nós em outras posições, mas nós temos o orçamento e em cima disso a gente está trabalhando. Dentro daquilo que a gente se propôs, que a gente iria tratar com trabalhar com 25 ou 26 jogadores de linha”.

O Santa Cruz planeja amistoso ou jogos-treino?

“A gente vai dar sequência ao trabalho tático, ao trabalho físico da melhor maneira possível. E, na próxima semana, a gente pode pensar em fazer algum tipo de jogo treino, mas não é a prioridade. O foco é dar um encaixe tático cada vez maior. Talvez na outra semana a gente possa fazer um jogo-treino para avaliação ou para assimilar melhor aquilo que foi feito ao longo desses 11 jogos que nós tivemos”.Stop

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados