conecte-se conosco

NáuticoPEPernambucanoÚltimas

Roberto Fernandes foca em comportamento do Náutico na final e aponta jogo de detalhes

Foto: Tiago Caldas/CNC

Publicados

em

Mais do que a postura do Retrô, o foco do Náutico foi no próprio comportamento em campo para a final do Campeonato Pernambucano. A semana de preparação para o jogo deste sábado (30), às 16h40, na Arena de Pernambuco, foi para corrigir erros que não podem ser repetidos e potencializar o que o time mostrou nas duas últimas partidas da Série B, de acordo com o técnico Roberto Fernandes. 

“O nosso foco durante a semana foi sobre como o Náutico vai se comportar. Respeitamos o adversário e é uma final, mas o foco foi no nosso comportamento, no que a gente precisa manter e o que precisa melhorar”, afirmou o comandante alvirrubro.

Roberto Fernandes acredita que a decisão será um jogo de detalhes e não espera grandes surpresas nas equipes. Porém, apontou que o Náutico precisa mostrar algo diferente das duas últimas partidas contra o Retrô pelo Pernambucano. 

“Nenhum treinador, por mais que esteja atento, pode estar mais concentrado do que os atletas. Porque são eles os protagonistas. Acho que as duas equipes se conhecem bem. Todos sabem seus defeitos e virtudes. Então, será um jogo de detalhe, como todas as finais. Não vai ter nada de muito especial, de muito diferente de um lado ou de outro. Serão detalhes, que estão sendo guardados por parte do Retrô e da nossa parte não será diferente. O Retrô levou vantagem nos dois últimos jogos, mas o Náutico precisará ter algo a mais nessa partida para conseguirmos o resultado que nos interessa”, analisou.

Preparação

A preparação do Náutico não foi apenas técnica e tática. O fator psicológico também foi trabalhado pela comissão técnica com o elenco. O treinador só evitou entrar nos detalhes do que foi feito durante a semana e o que pode ser aplicado em campo.

“Acredito que um pouco de cada fator. Ao longo da semana tudo isso foi bem trabalhado. Mas se falar o que vou fazer, vou dar munição ao adversário que por si só tem mérito, é uma equipe forte e tem o melhor aproveitamento do país na temporada. Posso fazer qualquer coisa, menos facilitar o caminho deles. Conversamos e trabalhamos. Agora é só o jogo para se dizer se os jogadores vão colocar em prática”, pontuou.

Trending