Connect with us

PEPernambucanoSanta CruzÚltimas

Técnico vê Santa Cruz superior, mas lamenta erros que custaram vitória no clássico

Published

on

Ranielle Ribeiro vê Tricolor melhor que Náutico, mas falou dos erros, principalmente na finalização, para sair vitorioso

O Santa Cruz ficou na frente do placar 3 vezes, mas levou o empate do Náutico e saiu na igualdade no clássico deste domingo (15). Além disso, apesar de apresentar problemas defensivos, também marcou. Mas também sofreu com a pontaria em alguns lances cruciais que poderiam dar a vitória.

Isso foi o que o Ranielle Ribeiro lamentou. Na coletiva, técnico vê Santa Cruz superior, mas lamentou os erros que custaram a vitória coral no 1º clássico disputado em 2023.

“O Náutico foi modificando e o Victor Ferraz ficou como um 9 para ajudar a defender. Isso mostrava nossa superioridade no 2º tempo. Nossa superioridade foi positiva, mas não podemos cair nessa mesma desculpa de que tivemos maior posse de bola, envolvimento e não convertemos em gols”, disse o técnico.

“Precisamos converter esse domínio que nós temos para que a vitória venha. Acho que o torcedor saiu com um espírito positivo pelo grande jogo, mas também um gosto amargo por não conseguir a vitória. Fizemos 1×0, 2×1, 3×2, e não poderíamos ter deixado essa vitória escapar“, acrescentou.

O técnico vê Santa Cruz superior, mas também fala que o empate traz um impacto ao grupo, da maneira que foi. Pela frustração que traz consigo. Mas ele destacou que é importante que os atletas levantem a cabeça para a situação mudar para o próximo jogo.

“O vestiário é reflexo disso. Fui enérgico com eles, para levantar a cabeça. Tínhamos a possibilidade, tivemos o processo para a vitória vir e ela não veio. É absorver esse impacto, levantar a cabeça para quarta (18) conseguir a 1ª vitória no campeonato”, apontou.

Técnico vê Santa Cruz superior e destaca necessidade de vitória no PE

Ranielle Ribeiro também falou sobre a invencibilidade do Tricolor neste começo de temporada. O técnico vê Santa Cruz superior nesse contexto, mas que não adianta manter uma invencibilidade e ficar devendo na largada do Estadual. Agora, mira uma vitória ante o Porto, na quarta, às 21h, no Lacerdão.

“Fala-se em invencibilidade, mas eu trocaria esses empates por uma vitória e uma derrota, porque estaríamos com 3 pontos e nossa classificação estava em outra realidade. Temos que ir para Caruaru muito fortes, fazendo esse fator grupo funcionar”, concluiu.

Com 6 gols, Clássico das Emoções termina em empate no Arruda. Haverá outro em 2023?
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados