Connect with us
Náutico - torcida - Aflitos Náutico - torcida - Aflitos

NáuticoPESérie CÚltimas

Náutico consegue efeito suspensivo e terá torcida nos Aflitos contra o Remo

Foto: Tiago Caldas/CNC

Published

on

Departamento jurídico conseguiu suspender a pena que determinava dois jogos sem público com a contagem já contra o Remo

O torcedor alvirrubro está liberado para ir aos Aflitos neste domingo (20), contra o Remo, às 19h. Isso porque o departamento jurídico do Náutico conseguiu um efeito suspensivo contra a pena que determinava portões fechados em dois jogos do Timbu na Série C pelas confusões causadas pelas facções organizadas no duelo ante o Confiança, em Aracaju, em junho.

Assim, ao adquirir o efeito suspensivo, o Náutico garante a presença de público contra o Remo, neste domingo. E o torcedor alvirrubro que for aos Aflitos poderá marcar presença no setor Hexa, que estava interditado, mas agora pode receber torcida. A venda de ingressos, diga-se, já iniciou (veja os preços no fim da matéria).

Em comunicado nas redes sociais do Timbu, o presidente Diógenes Braga comemorou o fato e convocou a torcida.

“Nosso departamento jurídico trabalhou para caramba e conseguiu o efeito suspensivo da pena que recebemos na semana passada. Então, domingo, todos vocês vão estar nos Aflitos no jogo contra o Remo, num jogo importantíssimo. Se Deus quiser vamos caminhar para mais uma vitória”, disse o mandatário.

Náutico - torcida - Aflitos
Foto: Tiago Caldas/CNC

Na semana passada o STJD puniu Náutico e Confiança com dois jogos de portões fechados na Série C e uma multa de R$ 10 mil em função das confusões causadas pelas facções organizadas na partida entre as equipes no dia 12 de junho, pela Série C.

Contra o Figueirense, também na semana passada, o Alvirrubro entrou com um ação tendo como base o artigo 73 do regulamento geral de competições e obteve público ante os catarinenses.

Relembre a confusão em Confiança x Náutico

Minutos antes da bola rolar entre Confiança e Náutico pela Série C, no dia 12 de junho, as duas organizadas dos clubes protagonizaram cenas de violência e selvageria na arquibancada do estádio Batistão. A polícia precisou intervir para acalmar os ânimos.

O árbitro da partida, José Mendonça da Silva, registrou toda a confusão em súmula após a partida.

“Informo a quem de direito que antes do início da partida houve um conflito entre as torcidas das equipes adversárias, solucionado logo depois pelo aparato da Polícia Militar. Não houve maiores providências e a segurança foi reestabelecida prontamente para a partida transcorrer sem problemas”, relatou no documento.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados