conecte-se conosco

PESérie ASportÚltimas

Sport vacila no início, cai para o Goiás e pode terminar rodada no Z4 da Série A

Leão teve muita posse de bola, mas não conseguiu produzir diante do Esmeraldino; agora, terá de secar Bahia e Vasco

Foto: Brasileirão, via AGIF

Publicados

em

Em fraca atuação, o Sport voltou a perder na Série A. Displicente no início, o Leão sofreu o solitário gol do confronto logo aos quatro minutos, marcado por Fernandão, de cabeça. Com a bola, precisando reagir, o Rubro-negro mostrou a velha dificuldade de criar e não conseguiu superar o então lanterna Goiás, na noite deste sábado, no estádio Serrinha, pela 27ª rodada da competição.

E agora?

Com o resultado, o Leão segue com 29 pontos, em 15º, mas pode ser ultrapassado por Bahia e Vasco, ambos com um ponto a menos, mas que entram que em campo neste domingo no complemento da rodada.

Agora, o Rubro-negro terá uma pausa de dez dias e só volta a campo no dia 6 de janeiro, quando encara o Fortaleza, na Ilha do Retiro.

VEJA MAIS: Confira aqui outras notícias do Sport

Estatísticas

Posse de bola: Goiás 38% x 62% Sport
Finalizações: Goiás 10 x 13 Sport
Finalizações no gol: Goiás 3 x 4 Sport
Passes certos: Goiás 220 (71%) x 391 (80%) Sport
Faltas: Goiás 20 x 17 Sport
Desarmes: Goiás 18 x 12 Sport
Defesas do goleiro: Goiás 4 x 3 Sport

Fonte: Sofascore

Sport esbarra na limitação e perde do Goiás em Goiânia; mandante deixou a lanterna

Início pressionado e displicente

Fora de casa, o Sport começou a partida sendo pressionado, com o Goiás marcando alto e abafando a saída. E assim o Rubro-negro rapidamente sucumbiu. Aos quatro minutos, Maidana não conseguiu sair jogando e colocou a bola para escanteio. No cruzamento, a defesa do Leão cochilou e Fernandão cabeceou livre para abrir o placar.

Em desvantagem, o Sport demorou a entrar no jogo e o Esmeraldino seguiu bem. Pouco depois, em erro no meio de campo, Fernandão arrancou e driblou Adryelson, mas na hora de finalizar pegou mal.

Leão equilibra e tem mais posse – mas pouco faz

A partir dos 20 minutos, o Rubro-negro melhorou. Sofreu menos, já que o Alviverde teve dificuldade de contra-atacar, e passou a ter mais posse, porém, circulou muito a bola e produziu pouco, demonstrando a velha dificuldade de criar. A melhor chance foi um cruzamento de Júnior Tavares que achou Patric. O lateral-direito finalizou para a boa defesa de Tadeu e, no rebote, isolou de esquerda, com o goleiro caído.

Segundo tempo de muitos erros

Precisando reagir, Jair Ventura trocou Ronaldo por Betinho, volante que possui mais saída de jogo e criatividade. Porém, a mudança pouco surtiu efeito. O Leão seguiu rondando a área, mas errou muitos passes e foi pouco efetivo diante de um Goiás que, em vantagem, não impôs grande retranca. A única chance de perigo foi um chute de Dalberto, na entrada da área, que Tadeu espalmou bem.

Na reta final, o Rubro-negro ainda tentou uma abafa, com mexidas ofensivas, mas sem sucesso. Nova derrota e chance grande de retornar à degola.

Ano sem virada

Em 2020, o Sport não virou nenhuma partida sequer. Foram 22 jogos, dentre todas as competições neste ano, em que começou perdendo e, no fim, não conseguiu sair vencedor.

Continue lendo
2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending