conecte-se conosco

SESérie BÚltimas

Jogadores prestam BO após ataque sofrido no desembarque do Confiança

Delegação da equipe foi alvo agressões de grupo organizado na última terça-feira

Publicados

em

O volante Rafael Vila e o atacante Ari Moura, do Confiança, prestaram Boletim de Ocorrência (BO), na tarde desta quarta-feira, após as agressões sofridas no desembarque do clube, na última terça. O ataque, que partiu de um grupo organizado, ocorreu no aeroporto de Aracaju. Advogado do Dragão, Henrique Doria falou sobre o caso.

VEJA MAIS: Confira aqui outras notícias do futebol sergipano

“O Confiança, através do departamento jurídico, acompanhou os jogadores Ari Moura e Rafael Vila até a delegacia para que os mesmos relatassem as agressões sofridas durante o desembarque da delegação na tarde de ontem”, iniciou.

LEIA: Delegação do Confiança sofre ataque de uniformizada em desembarque

“A polícia iniciará as investigações com o auxílio do circuito interno de segurança do próprio aeroporto de Aracaju, (além de) diversos vídeos gravados por torcedores com o intuito de descobrir e identificar os agressores. O Confiança prestará todo o apoio necessário visando a elucidação dos fatos”, acrescentou o advogado.

Nas imagens, divulgadas pelo perfil Futebol Sergipano, é possível ver cerca de 12 integrantes partindo para cima da delegação do Confiança – clique aqui para ver os vídeos. Ari Moura, expulso no jogo contra o Brasil de Pelotas, foi atingido e sofreu um corte no rosto. 

Atacante Ari Moura, expulso no último jogo, sofreu um corte no supercílio (Foto: Reprodução)

Sem vencer há cinco jogos, o Confiança estacionou na classificação nos 39 pontos, e está a apenas quatro à frente do Náutico, que é o primeiro time dentro da zona de rebaixamento para a Série C. Sergipanos e pernambucanos, inclusive, se enfrentam nesta segunda-feira, no estádio Batistão. 

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending