conecte-se conosco

PESanta CruzSérie CÚltimas

Motivado e de olho em final: como vem o Brusque para enfrentar o Santa

Foto: Lucas Gabriel Cardoso/Brusque

Publicados

em

Sem “ressaca”. Mesmo classificado antecipadamente para a Série B, o Brusque, rival do Santa Cruz neste domingo, no Arruda, pela última rodada do quadrangular do acesso, não vai vir acomodado. Muito pelo contrário: será uma equipe competitiva. Pelo menos foi o que garantiu o técnico do Quadricolor, Jerson Testoni, ao projetar o confronto. O treinador, inclusive, disse que buscar o título da Terceira Divisão – o que seria o bi nacional em dois anos – era o ‘quarto objetivo’ do clube no campeonato.

“Quando iniciou a competição a gente colocou quatro objetivos para alcançar. O primeiro era manter a equipe na Série C, o segundo era passar de fase, o terceiro era o acesso e a quarto era buscar essa conquista, que é o título. Vamos em busca de mais um objetivo. Sempre trabalhamos no topo. E como eu conheço nosso grupo, sei que vamos fazer um jogo muito competitivo contra o Santa Cruz”, destacou Testoni.

Diferentemente do time catarinense, o Santa Cruz ainda segue na briga pela classificação à Segunda Divisão do Brasileiro e, para isso, precisa obrigatoriamente vencer o rival no domingo. Além disso, os pernambucanos também torcem por um empate no jogo entre Vila Nova e Ituano, ou por um triunfo do time paulista – desde que não ultrapasse os corais no saldo de gols. Por outro lado, o Brusque, líder do grupo C, também precisa vencer o Tricolor para ir à final.

Time

Em relação ao time titular que venceu o Ituano por 4 a 2 na última rodada, a única mudança que o técnico Jerston Testoni deve promover é o retorno do volante Rodolfo Potiguar à cabeça de área – dividindo o meio de campo com Zé Matheus -, após cumprir suspensão automática.

Sendo assim, o time Quadricolor a entrar em campo deve ser: Ruan Carneiro, Airton, Éverton Alemão, Ianson e João Carlos; Rodolfo Potiguar, Zé Matheus e Thiago Alagoano; Edílson, Garcez e Marco Antônio.

Trending