conecte-se conosco

ConfiançaSESérie BÚltimas

Daniel Paulista renova com o Confiança e faz balanço ao NE45

Foto: Mikael Machado / ADC
Avatar

Publicados

em

O técnico Daniel Paulista ficará no Confiança por mais um ano. Na tarde desta segunda-feira, o clube proletário anunciou de forma oficial a renovação com o treinador até o final de 2021. Com isso, Daniel irá para a sua terceira temporada à frente do Dragão. E poucas horas após assinar seu novo contrato, o comandante do Dragão atendeu à reportagem do NE45 onde fez um balanço da campanha do clube na Série B e dos planos para a nova temporada.

Comandante do acesso do clube à Série B, em 2019, Daniel Paulista deixou o Confiança em fevereiro do ano passado para voltar ao Sport, onde iniciou a carreira como treinador. No entanto, a nova passagem pelo leão pernambucano não foi muito proveitosa, sendo demitido em agosto. No retorno ao Confiança, assumiu com a missão de livrar do rebaixamento. Feito obtido com três rodadas de antecedência e um aproveitamento de 45,2% (11 vitórias, cinco empates e 12 derrotas).

Confira os principais pontos da entrevista

Quando você retornou ao Confiança, o time estava no 16º lugar, mas em determinado momento, após uma arrancada, chegou a sonhar com a briga pelo acesso. Depois voltou a perder fôlego. Qual o balanço que você faz do trabalho?

O balanço da Série B é altamente positivo pelo investimento que o clube poderia fazer para a competição. Brigando com com grande equipes e disputando pela primeira vez um campeonato de pontos corridos do tamanho que é uma Série B . O máximo que se aproximou da zona do rebaixamento foram quatro pontos. Então foi uma campanha segura, que em determinado momento até sonhamos com o acesso. Mas diante das dificuldades a equipe acabou perdendo força. Mas acho que fizemos uma campanha sólida e altamente positiva em primeiro ano do clube dentro desse cenário nacional.

Como foi a conversa para a renovação? Foi uma negociação rápida?

Foi algo natural porque acredito muito na continuidade do projeto. Estou indo para a minha terceira temporada dentro do Confiança, tendo iniciado um trabalho com o clube na Série C, sem nenhum investimento, e hoje a cara do Confiança já é diferente. Então a ideia foi ter essa continuidade para fazer crescer junto com o clube e quem sabe nessa temporada de 2021 dar mais um passo nessa caminhada.

Em 2021, o Confiança terá calendário cheio, com as disputas do Campeonato Sergipano, da Copa do Nordeste, Copa do Brasil e da Série B. Você já parou para sentar com a diretoria e traçar as metas do clube na temporada? O Confiança entra em 2021 brigando pelo acesso à Série A? Ou ainda é muito precoce falar isso?

A gente ainda não conversou a respeito de metas. Agora estamos tentando organizar o planejamento. Infelizmente, pela estrutura do clube, praticamente 90% do nosso elenco termina contrato agora no dia 30. Então vamos ter que montar não só um time, mas um elenco novamente. E fazer um elenco competitivo como foi o de 2020. O trabalho é longo, duro, mas estamos no caminho certo. Com calma e tranquilidade.

A ideia é manter base desse elenco? Ou isso será difícil pela valorização de alguns jogadores?

Alguns jogadores, lógico, a gente vai tentar manter. Para permanecermos com uma base. Agora, sabemos que a maioria dos atletas se valorizaram pela Série B que fizeram e infelizmente para a continuidade de alguns vai ser difícil. Mas ainda assim a gente vai no mercado em busca de jogadores. E da mesma forma que esses atletas de 2020 compraram a ideia de ver o Confiança como uma oportunidade de evolução nas suas carreiras, vamos procurar jogadores com esse mesmo perfil para que a gente monte uma equipe mais uma vez competitiva. Atletas que estão buscando uma projeção dentro da carreira ou que possam estar em uma baixa e querem voltar ao grande cenário. Buscar também parcerias com grandes clubes já que a gente teve muito sucesso com isso em 2020.

Trending