conecte-se conosco

ALConfiançaCRBCSAMANáuticoPESESérie BÚltimas

Veja destaques que tiveram vínculos encerrados com nordestinos ao fim da Série B

Confira números, informações e situações dos jogadores

Avatar

Publicados

em

Após o término da Série B no último fim de semana, o mercado de transferências volta a aquecer de olho na próxima temporada. E nesta matéria, o NE45 traz destaques de clubes nordestinos na Segundona que tiveram o contrato encerrado ao fim da competição – desde times que fugiram da queda aos que lutaram pelo acesso. Confira abaixo. 

Anderson – Náutico

Goleiro de 22 anos trouxe estabilidade ao gol do Timbu na Série B. Foto: Caio Falcão/ CNC

Além da chegada de Hélio dos Anjos, a contratação do goleiro no segundo turno também foi importante para a permanência do Náutico. Com segurança e boas atuações, sofreu apenas 11 gols em 16 jogos, saindo ileso em oito partidas. Com contrato de empréstimo encerrado no dia 31 de janeiro, tanto Anderson quanto o Timbu têm interesse na renovação, mas é preciso um acerto com o Athletico, clube que detém os direitos econômicos do jogador de 22 anos.

Diego Torres – CRB

Atleta foi o maestro do CRB na Segundona, carimbando as jogadas no meio de campo. Foto: Divulgação/ CRB

Jogador de bom passe e visão de jogo, o meia argentino foi destaque do CRB na Segundona, com cinco gols e cinco assistências. Com o fim do vínculo junto ao clube regatiano, o staff de Diego Torres disse ao ge que o Galo da Pajuçara ficou de conversar para uma renovação, o que ainda não se concretizou. Atualmente, portanto, o atleta de 30 anos está livre no mercado. 

Guilherme Castilho – Confiança

Ora como segundo volante, ora como meia, Castilho foi peça importante para o Dragão. Foto: Divulgação/ ADC

Meio-campista de boa técnica e inteligência, foi destaque do Dragão na Série B, ajudando o clube a garantir a permanência – deu cinco assistências e fez um gol. Com o fim do contrato, o atleta de 21 anos retornou ao Atlético-MG, que possui um valor preestabelecido para adquiri-lo em definitivo junto ao Mirassol até o fim de fevereiro, segundo o ge, de R$ 400 mil.

Marcinho – Sampaio Corrêa 

Rápido, técnico e de boa finalização, Marcinho jogou muito bem pelo Sampaio. Foto: Lucas Almeida/ Sampaio

Responsável pela armação de jogadas do time maranhense, foi destaque com boa movimentação, passes e gols. No total, em 37 partidas, balançou as redes oito vezes e deu cinco assistências. Com o fim do contrato junto ao Sampaio Corrêa, está atualmente livre no mercado, mas a tendência é que a Bolívia tente a renovação.

Paulo Sérgio – CSA 

Letal, experiente atacante foi importante na luta do Azulão pelo acesso. Foto: Divulgação/ CSA

Artilheiro do Azulão e peça fundamental na luta pelo acesso – time não conseguiu na última rodada -, Paulo Sérgio marcou dez gols e deu quatro assistências em 26 partidas. Atualmente, o jogador de 31 anos está livre no mercado, mas já externou vontade de seguir no CSA para esta temporada. O clube, por sua vez, ainda vai se reunir para definir o planejamento de 2021.

Reis – Confiança

Rápido e habilidoso, Reis manteve a regularidade mesmo em meio à oscilação do Dragão na Série B. Foto: Divulgação/ ADC

O atacante de 28 anos foi o principal jogador do Dragão na temporada, com 10 gols e oito cinco assistências em 34 jogos na Segundona, decidindo jogos fundamentais para a permanência do Dragão no campeonato. Livre no mercado, entrou na mira do Remo, mas o Confiança tenta a renovação do contrato. 

Trending