conecte-se conosco

BAEstaduaisÚltimasVitória

Chagas confirma mescla para estreia e admite ‘carência’ no baiano

‘Vivemos por títulos’, afirmou o treinador sobre o jejum no Estadual

Foto: Divulgação/ EC Vitória

Publicados

em

O Vitória encerrou, nesta terça-feira, a preparação para a estreia do campeonato baiano, diante do Unirb. Após a atividade, o técnico Rodrigo Chagas concedeu entrevista coletiva e falou sobre o confronto que ocorre na noite desta quarta, às 19h30, no estádio Carneirão, além das perspectivas para a competição. 

LEIA: Baianão 2021 terá transmissão de emissora estatal e dos canais oficiais dos clubes na internet

Em relação ao time que entra em campo, o técnico confirmou uma mescla entre os jogadores que terminaram a Série B e os pratas da casa, e reiterou que usará esta força máxima nas duas primeiras partidas do Estadual. 

“A gente tem ideia que alguns jogadores como Fernando Neto, que é um jogador experiente, que vai comandar o meio de campo. Teremos Wallace, que vai estar jogando também. Acredito que a gente vai ter um time equilibrado com alguns jogadores junto com a garotada”, afirmou.

“Acredito que a gente está no caminho certo, trabalhamos com coerência, e esperamos ir nos dois próximos jogos com uma equipe base titular, porque temos o jogo de estreia na Copa do Nordeste (dia 27, contra o Santa Cruz). Então é fazer uma estratégia para ter uma equipe competitiva jogo a jogo”, acrescentou o técnico.

Além disso, Rodrigo Chagas foi questionado também sobre as últimas edições do Vitória no Campeonato Baiano, cujo último título ocorreu em 2017. Além disso, há duas temporadas a equipe rubro-negra não chega na decisão. E o treinador reconheceu que o clube está devendo.

“Vivemos por título. O atleta, o profissional, o treinador, vive pelo melhor. E o melhor é montar equipes competitivas, de qualidade, que possam sempre conquistar títulos. O Vitória hoje vive uma carência, são dois anos que não chega na final do campeonato baiano e o Vitória sempre se acostumou em chegar nas finais. E esse é o meu pensamento, não vou fugir disso, sempre buscando a performance e respeitando todos os adversários. Temos potencial para chegar mas temos também que melhorar muito”, acrescentou. 

Trending