conecte-se conosco

PESérie ASportÚltimas

Jair reitera trabalho no Sport como mais difícil da carreira e credita elenco

‘A prancheta pode ter boas ideias, mas sem um elenco para executá-las, essas ideias não servem de nada’, afirmou

Avatar

Publicados

em

Após a confirmação da permanência na Série A na tarde deste domingo, com uma rodada de antecedência, o técnico Jair Ventura exaltou o grupo rubro-negro pela forma que foi abraçado desde a chegada, em agosto, e pela assimilação da metodologia de trabalho. Desta forma, o mérito pela manutenção na elite são dos atletas, avalia.

VEJA MAIS: Confira aqui outras notícias do Sport

“A prancheta pode ter boas ideias, mas se não tiver um elenco para executá-las, essas ideias não servem de nada. Então os grandes responsáveis são meus jogadores. Quando assumi estávamos em 18º, muitas pessoas me ligaram dizendo que era o pior investimento, o Sport brigou para não cair no pernambucano. Eu falei que confiava no elenco, nos jogadores e aceitei o desafio e mesmo assim a gente teve mais perdas”, afirmou o treinador.

Análise | Com Jair Ventura, Sport consegue a sua maior permanência no Brasileirão

Jair Ventura exaltou ainda mais o elenco quando lembrou das baixas. Isso porque, no decorrer da Série A, cinco titulares deixaram o time: Rafael, Willian Farias, Elton, Mugni e Barcia, todos negociados, além de Barcia, lesionado desde dezembro.

“O elenco que eu acreditei foi perdendo peças importantes, fomos nos reinventando, usando a base, hoje lançamos mais um menino, que é Pedrão (zagueiro, entrou no fim), e conseguimos o objetivo antes da última rodada. Um feito maravilhoso”, disse. 

No total, o técnico tem 32 partidas pelo Sport, com 11 vitórias, cinco empates e 16 derrotas, totalizando 38 % de aproveitamento.

Maior trabalho da carreira 

Por fim, o treinador reiterou que esta permanência com o Sport é o trabalho mais importante da carreira – no currículo, Jair Ventura tem passagens por Botafogo, Santos e Corinthians. 

“Volto a repetir, para mim foi o meu maior trabalho por pegar o clube em andamento, na zona de rebaixamento, nós tínhamos o menor orçamento este ano, um ano difícil, voltando de uma Série B, brigamos para não cair no pernambucano, então era muito difícil. Então encarei por acreditar no elenco, e esse elenco foi perdendo peças, nos reinventamos, mas não deixaram de lutar, competir, certeza eles são os principais”.

Sul-Americana

Na 14ª colocação, o Sport precisa de apenas uma vitória simples para assegurar também a vaga na Copa Sul-Americana. O próximo e último compromisso pela Série A ocorre nesta quinta, com o Athletico, na Arena da Baixada.

“Estamos na luta, temos a chance, hoje estaríamos classificados com a manutenção da rodada. E agora vamos para a última rodada para garantir essa permanência (no grupo qualificatório)”, concluiu..

Trending