conecte-se conosco
Rafinha, lateral-esquerdo do Náutico Rafinha, lateral-esquerdo do Náutico

NáuticoPEPernambucanoÚltimas

Apresentado, Rafinha destaca bola parada para ajudar Náutico em 2021

Publicados

em

Trazido para preencher a lacuna da lateral esquerda do Náutico, Rafinha, de 33 anos, vem se preparando fisicamente para estrear logo que possível. Depois de passar cinco temporadas no CSA, o experiente, ele destacou suas características e falou da bola parada, onde pode ajudar o Timbu e dividir a responsabilidade com o meia Jean Carlos, atual cobrador de faltas e escanteios da equipe.

“Eu sempre tive uma boa batida na bola, bom passe, e sempre procurei trabalhar bastante isso. Tem a bola parada, que trabalho bastante, para seguir evoluindo. Na minha carreira fiz alguns gols e algumas assistências com ela, e no futebol ajuda bastante. Sabemos que aqui temos jogadores com esse potencial, como o Jean Carlos. Espero que, no decorrer da temporada, consigamos ter sucesso dentro do clube com essas características que a gente trabalha”, disse Rafinha.

O Náutico tinha apenas um lateral-esquerdo de origem para o começo de temporada, que era Kevyn. Contudo, ele entrou na Justiça para rescindir contrato com o Alvirrubro por conta de salários atrasados e falta de recolhimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Assim, o posto ficou vago e o técnico Hélio dos Anjos utilizou Bryan, improvisado, na função. Além dele, o volante Marciel se colocou à disposição para ser utilizado no setor também. Com Rafinha, esta carência ameniza e ele vem se preparando fisicamente para estrear logo que possível. Porém, são poucas as chances dele estrear pelo Náutico no próximo domingo, diante do Sete de Setembro.

“Vim fazendo um trabalho durante esse período que estive parado. Mas não é igual a treinar com o grupo. Espero que o mais rápido possível esteja à disposição do professor, do Náutico. Eu vim para ajudar e estou ansioso para estrear, mas tenho que ter cuidado para não queimar etapas. Então estou trabalhando forte para que o mais rápido possível possa estar dentro do gramado ajudando meus companheiros”, concluiu.

Trending