conecte-se conosco

CECearáCopa do NordestePBÚltimas

Ceará busca empate contra o Botafogo-PB e amplia invencibilidade

Publicados

em

O empate do Botafogo-PB contra o Ceará por 1×1, nesta quinta-feira (25), alterou pouco a situação das duas equipes na Copa do Nordeste. O duelo não teve um futebol vistoso e as duas equipes tievram muitas dificuldades na criação das jogadas ofensivas. O único ponto positivo do jogo foi para o Vozão: o clube chegou a 17 partidas sem perder desde o Nordestão de 2020.

No jogo desta noite, o Belo saiu na frente com Welton, ainda no primeiro tempo. Contudo, na volta do intervalo, o Vozão cresceu em campo e empatou com Jael. A virada só não saiu porque Vina perdeu um pênalti e manteve o placar em 1×1.

Com o resultado, o Botafogo-PB manteve-se no 7º lugar do Grupo B com quatro pontos e, na próxima rodada, terá o clássico contra o Treze, domingo (28), às 16h, no Amigão. Enquanto o Ceará ocupa a 3ª colocação do Grupo A com sete pontos e receberá o CSA, na quarta-feira (31), às 19h30, no Castelão.

Sem criatividade, mas com gol

Faltou qualidade técnica, criatividade, jogadas trabalhadas e emoção no primeiro tempo, mas teve gol. Com o clima tenso entre as duas equipes, o primeiro tempo se destacou mais pelas faltas do que pelos lances no setor ofensivo. Porém, o Botafogo-PB conseguiu aproveitar a melhor oportunidade criada. Aos 34 minutos, Joaquim arrancou pelo lado direito, entrou na área e mandou para Welton completar para o fundo das redes. Foi o que teve de melhor na etapa inicial truncada e de ritmo até certo ponto lento.

Ceará cresce e empata

Na volta do intervalo, o Ceará teve mais ímpeto e, enfim, mostrou o seu futebol. Atacou, pressionou, colocou bola na trave com Vina e chegou ao empate com o dedo do técnico Guto Ferreira. Jael, acionado no segundo tempo, recebeu o cruzamento de Eduardo e completou para o gol para deixar tudo igual no marcador.

Chance da virada desperdiçada

O Vozão cresceu ainda mais após o empate e a virada chegou perto de sair. Aos 27 minutos, Mendoza fez boa jogada pela esquerda e foi derrubado na área por Rodrigo Ramos. O árbitro não titubeou e marcou pênalti. Mas, na cobrança, Vina mandou para fora. A bola ainda tocou na trave antes de sair. Na reta final, os cearenses pressionaram, mas não conseguiram assumir a vantagem no placar.

Ficha do jogo

Botafogo-PB 1
Felipe; Rodrigo Ramos (Lagoa), Samuel, Joaquim e Tsunami (Lucas Gabriel); Rogério, Pablo e Marcos Aurélio (Clayton); Juninho, Welton (Roniel) e Rafael Oliveira (Sávio). Técnico: Marcelo Vilar.

Ceará 1
Richard; Eduardo, Jordan, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Oliveira, Fernando Sobral (Marlon) e Vina (Jorginho); Mendoza, Saulo Mineiro (Yony González) e Felipe Vizeu (Jael). Técnico: Guto Ferreira.

Local: Estádio Almeidão, em João Pessoa. Gols: Welton (Botafogo-PB), aos 34 do 1ºT; Jael (Ceará), aos 11 do 2ºT. Cartões amarelos: Tsunami, Clayton e Jael (Botafogo-PB); Marlon e Oliveira (Ceará).

Foto: Israel Simonton / Ceará SC

Trending