conecte-se conosco

BABaianoEstaduaisÚltimasVitória

Bahia de Feira e Vitória ficam no empate na Arena Cajueiro pelo Baiano

Tremendão segue no G4, enquanto o Leão figura em sexto

Foto: Divulgação/ EC Vitória
Avatar

Publicados

em

Tudo igual na Arena Cajueiro. Bem superior no primeiro tempo, o Bahia de Feira saiu na frente aos 40 minutos com o Diones, mas o Vitória, que equilibriou na etapa complementar, deixou tudo igual com Deivid no primeiro minuto do segundo tempo e deu números finais ao jogo: 1 a 1. O duelo da noite desta quarta-feira, aliás, foi válido pela sexta rodada do Campeonato Baiano.

E agora?

Com o resultado, o Tremendão segue em terceiro, com nove pontos, enquanto o Leão aparece em sexto, com seis. Na sequência do Estadual, o Bahia de Feira recebe o Vitória da Conquista, enquanto o Vitória encara o Doce Mel, no Barradão.

O jogo

O primeiro tempo foi de domínio dos donos da casa, que impôs boa movimentação e conseguiu chegar com perigo em várias oportunidades. Com time alternativo, o Vitória, por sua vez, encontrou dificuldades de ser criativo, com as peças ofensivas distantes e Alisson Farias discreto.

Com um minuto, Hugo fez bom pivô para Deon entrando na área, cara a cara com Lucas Arcanjo, mas o atacante foi travado na hora do chute e a bola ficou limpa para o goleiro.

Dinâmico no setor ofensivo, o Tremendão seguiu melhor, conseguindo rodar a bola diante de um Vitória pouco inspirado seja para diminuir os espaços, seja para reter a posse. Assim com boa participação de Thiaguinho e Pedro Neto, o Bahia de Feira articulou bem. E assustou.

Aos 21 minutos, Cazumba bateu falta da entrada da área, com capricho, no canto, mas Lucas Arcanjo se esticou todo para defender. No lance seguinte, Thiaguinho cruzou muito bem para Hugo Freitas, que cabeceou no canto, mas a bola saiu.

Em cima, o Tremendão quase marcou com Thiaguinho, muito bem, que arriscou de longe e acertou o travessão. Bem superior em campo, o gol parecia maduro. E estava. Aos 40, Pedro Neto cruzou de trivela, com precisão, na cabeça de Diones, que testou bem, sem chances de defesa.

Do lado do Rubro-negro, que pouco fez, a única boa jogada foi um pivô de Walter, que recebeu lançamento na área, e ajeitou para Ruan na meia-lua, que chutou fraco. Só.

Segundo tempo

Na etapa complementar, o jogo rapidamente mudou de cenário. Isso porque, com um minuto do segundo tempo, David, que entrou no intervalo, deixou tudo igual. Após boa enfiada de Alisson Farias, o atacante limpou a marcação entrando na área e bateu no canto, contanto com certa ajuda de Jean Drosny.

A partir daí, o confronto ficou mais equilibrado, já que o Vitória postou-se melhor e conseguiu impedir o ímpeto do Bahia de Feira, que chegou menos do que no primeiro tempo. Porém, também criou pouco na frente.

Truncado, o único lance de perigo do duelo ocorreu aos 27 minutos, com o Vitória, que chegou duas vezes na mesma jogada pela direita. Catatau chutou forte e parou em Jean, no rebote Cedric tentou e chutou no canto, mas a bola passou raspando.

Com o andar do jogo, as equipes fizeram mudanças a fim de dar gás novo, mas a partida acabou sem maiores emoções. Tudo igual.

Ficha

Bahia de Feira

Jean; Jarbas, Paulo Paraíba, Wesley, Cazumba; Hércules, Diones, Hugo Freitas, Thiaguinho; Pedro Neto e Deon. Técnico: Oliveira Canindé

Vitória

Lucas Arcanjo; Cedric, João Victor, M.Moraes, Roberto (Pedrinho); Gabriel Bispo (João Pedro), Maykon Douglas (David), Ygor Catatau; Alisson Farias, Walter e Ruan Nascimento (Soares). Técnico: Rodrigo Chagas

Gols: Diones (BAH) e David (VIT)
Cartões amarelos: Gabriel Bispo, João Pedro, David (VIT)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending