conecte-se conosco
Luiz Fernando Flores, auxiliar técnico do Fortaleza Luiz Fernando Flores, auxiliar técnico do Fortaleza

CECopa do NordesteFortalezaÚltimas

Auxiliar exalta classificação do Fortaleza e avalia duelo ante Bahia

Foto: Fortaleza/Reprodução
Avatar

Publicados

em

A vitória do Fortaleza por 2 a 1 em cima do CSA, pelas quartas de final da Copa do Nordeste, foi bastante suada. O Tricolor teve alguns vacilos na defesa durante a primeira etapa, mas corrigiu no segundo tempo e conseguiu conquistar a classificação diante dos alagoanos. Mesmo assim, o Azulão foi guerreiro, não se intimidou e incomodou bastante o Leão. Algo que o auxiliar técnico do Fortaleza justifica para valorizar a classificação, diante de uma atuação que não agradou muito ao torcedor.

“Foi uma partida difícil, jogamos contra um grande adversário, bem organizado e muito bem treinado. Tivemos um bom início de jogo até uns 20 minutos, depois caímos um pouco, fomos envolvidos pelo adversário, mas algo normal em termos de posse de bola. Conseguimos sair na frente, a equipe deles empatou. E no segundo tempo estivemos melhores, a todo momento buscando o resultado e conseguimos nosso grande objetivo, que era a vitória”, disse o auxiliar técnico do Fortaleza, Luiz Fernando Flores.

Sem facilidades para o Fortaleza

O Fortaleza terá a semana cheia para trabalhar antes de receber o Bahia na Arena Castelão, pela semifinal da Copa do Nordeste. Por outro lado, o Esquadrão viaja para encarar o Montevideo City Torque no Uruguai nesta terça-feira (20), pela Copa Sul-Americana. Pelo desgaste da viagem, há a possibilidade do Bahia sentir um pouco mais a parte física no próximo sábado contra o Leão. Contudo, Luiz Fernando Flores rechaçou qualquer tipo de favorecimento ao Leão do Pici pelo desgaste dos baianos.

“Acho que não beneficia em nada. O Bahia não deixa de ser um grande clube, de ser um adversário perigoso. Claro que pode estar um pouquinho mais desgastado, mas vai ser o mesmo Bahia dificílimo. É um clássico. Vai ser um grande desafio e esperamos fazer um grande jogo. Sabemos como é o jogador, quando é um grande jogo, ele se concentra mais, fica mais focado. É o que a gente espera, estar muito focados e conseguir passar pelo Bahia neste próximo jogo”, encerrou o auxiliar.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending