conecte-se conosco
Guto Ferreira, técnico do Ceará Guto Ferreira, técnico do Ceará

CECearáCopa Sul-AmericanaÚltimas

Guto reconhece partida abaixo do Ceará em eliminação na Sul-Americana

Foto: Vozão TV/Reprodução

Publicados

em

O Ceará não jogou bem contra o Jorge Wilstermann, perdeu por 1×0, na Bolívia, e foi eliminado na primeira fase da Copa Sul-Americana. O Vozão dependia apenas das próprias forças, mas teve um desempenho que foi criticado pelo próprio técnico Guto Ferreira após a partida.

“Ficamos muito abaixo do nosso jogo, muito abaixo. Na Copa Sul-Americana não fizemos nenhum jogo num nível tão baixo como hoje. Nossa equipe sentiu demais tudo isso, não quero trazer como desculpa, porque a gente quer sempre vencer e quando chega um momento como esse, você responde o que realmente aconteceu e as pessoas acham que você está dando desculpa porque não teve capacidade de ultrapassar a barreira, mas só vivenciando o que vivenciamos aqui, as dificuldades, é que pode comprovar. Então estou tentando passar as dificuldades que passamos aqui”, ressaltou Guto Ferreira.

De acordo com o treinador, o Vozão teve dificuldades por conta da altitude. A equipe sentiu o ritmo e não conseguiu mostrar o seu melhor futebol. Como consequência, foi dominado e derrotado pelo Jorge Wilstermann.

“Para quem está em casa, na televisão, talvez não tenha a noção da dificuldade. Quando se fala de altitude, pegamos um campo em La Paz, onde conseguimos desenvolver bem o jogo, uma estratégia mais defensiva e hoje precisávamos ganhar, precisávamos sair um pouco mais. A diferença de piso, no piso de La Paz é mais duro, não tem tanta tração. Na altitude, quando você faz a força, é que falta o ar e nossa equipe afogou bastante na partida, muitas vezes tendo que parar para recuperação. O Jorge Wilstermann soube marcar bem e explorar os espaços. Infelizmente acabamos não vencendo”, concluiu.

Ouça a partir do minuto 19′:

Trending