conecte-se conosco
Dado Cavalcanti, técnico do Bahia Dado Cavalcanti, técnico do Bahia

BABahiaSérie AÚltimas

Por conta de desgaste, Bahia pode ter time bem mudado contra Ceará

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Publicados

em

Apesar de não contar com desfalques por suspensão ou lesão para a partida desta quinta-feira (17) contra o Ceará, no Castelão, o técnico do Bahia, Dado Cavalcanti deve mandar a campo uma equipe bastante modificada com relação a que foi derrotada pelo Internacional por 1 a 0 no ultimo domingo, em Pituaçu. Isso porque o treinador deve promover o rodízio de alguns atletas devido ao desgaste físico, fruto da maratona de jogos da equipe.

O duelo é o primeiro entre os dois clubes desde a final da Copa do Nordeste, vencida pelo Esquadrão, nos pênaltis. “Acho muito difícil repetir a escalação. A nossa queda de performance é sim associada a número de jogos. Temos rodado pouco o elenco. Estamos com batida muito pesada, repetindo escalações. Conti nunca fez tantos jogos sucessivos na carreira. Patrick não tem lastro assim, base não era assim. Matheus Bahia está com dores no joelho, Rodriguinho perdeu um pouco mais de força, Gilberto e Rossi tiveram problemas durante a semana com resfriado”, enumerou o treinador.

“Tenho que ter muita atenção a isso porque daqui a pouco vamos perder jogos e jogadores ao mesmo tempo. Vão para campo aqueles que estiverem melhor no momento. Penso que dificilmente todos que estiveram em campo vão estar”, completou.

Vale lembrar que o Bahia entrou com pedido de efeito suspensivo no Superior Tribunal de Justiça Desportiva para o lateral-direito Nino Paraíba e aguardar o parecer. Com isso, o jogador, que foi suspenso após briga generalizada contra o Ceará na final do Nordestão, pode retornar à equipe. Caso isso aconteça, Renan Guedes volta a ser opção para o decorrer de partida

Outras possibilidades de escalação, levando em conta o desgaste físico de alguns atletas, é Luiz Otávio formar a dupla de zaga ao lado de Juninho; Juninho Capixaba reaparecer na lateral esquerda na vaga de Matheus Bahia; Matheus Galdezani ou Jonas serem acionados no lugar de Patrick, Oscar Ruiz entrar no posto de Rossi, Maycon Douglas no de Rodriguinho e Thonny Anderson ser o centroavante na vaga do artilheiro Gilberto.

Assim, uma provável escalação seria: Matheus Teixeira; Renan Guedes (Nino), Conti (Lucas Fonseca ou Luiz Otávio), Juninho e Matheus Bahia (Juninho Capixaba); Patrick (Galdezani), Daniel, Thaciano, Rossi (Óscar Ruiz), Rodriguinho (Maycon Douglas) e Gilberto (Thonny Anderson).

Bahia e Ceará somam quatro pontos nas três primeiras rodadas da Série A. No entanto, o Tricolor aparece na oitava colocação, enquanto o Alvinegro é apenas o 11º, devido ao saldo de gols.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending