conecte-se conosco
Zé Carlos Leal, técnico interino do Confiança Zé Carlos Leal, técnico interino do Confiança

ConfiançaSESérie BÚltimas

Interino mira motivação no Confiança para deixar lanterna da Série B

Foto: Lucas Almeida/ AD Confiança

Publicados

em

O momento do Confiança na Série B é bastante complicado. O Dragão está há oito jogos sem vencer na Segundona e amarga a última posição da tabela, com apenas 10 pontos conquistados. Depois de demitir Rodrigo Santana ao perder por 1 a 0 dentro de casa para o Botafogo, o time proletário tem agora Zé Carlos Leal como técnico interino para os próximos jogos da Série B. E o comandante vê á motivação do elenco como ponto principal para uma mudança de cenário no Confiança. Até porque ela precisa acontecer o quanto antes, e a primeira chance será diante do Brusque, fora de casa, neste sábado (31), às 21h.

“A receita, no momento, é motivar esses atletas. Colocar na cabeça deles que são capazes, que eles comprem a ideia, para que possamos fazer um grande jogo sábado, quando enfrentaremos uma grande equipe que é o Brusque, que tem feito um início de campeonato muito bom. Então, com todo respeito ao Brusque, a gente vai procurar fazer a nossa semana bem para procurarmos um resultado favorável. Sabemos da dificuldade que vamos encontrar, da equipe que a gente vai enfrentar, que tem muita qualidade, mas também sabemos do nosso potencial. O que eu tenho passado para os atletas é isso: não duvidar da qualidade que eles têm e colocar em prática, resgatar esse futebol que nós precisamos”, disse o técnico interino do Confiança, Zé Carlos Leal.

O comandante também explicou que não deve fazer muitas alterações no Dragão, em relação ao time que vinha jogando com o antigo treinador. Apesar de alguns desfalques certos por lesão ou suspensão, Zé Carlos planeja manter uma base para os próximos jogos do Confiança, repetindo escalação e lapidando o trabalho que vinha sendo feito por seu antecessor.

“Vamos pegar a equipe que ele (Rodrigo Santana) já vinha trabalhando, que vinha jogando bem, criando muitas situações de gol, dando poucas oportunidades para o adversário. Vamos lapidar algumas situações, mas não tem muito o que mexer não. Estamos tendo alguns desfalques com suspensão e lesões, então devemos mudar a equipe para o jogo . Mas daremos sequência com essa equipe que iniciará sábado, para a gente fazer o seguinte com o Náutico. Não tem muito o que mudar. Vamos pegar bastante do trabalho que o Rodrigo vinha fazendo com esse pessoal e colocar em prática, motivá-los, porque o momento é de motivação e autoestima para revertermos essa situação. O Confiança não merece estar em último e sabemos que temos totais condições de ir lá em Brusque e fazer uma grande partida”, concluiu.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending