conecte-se conosco
Diego Dabove é o novo técnico do Bahia Diego Dabove é o novo técnico do Bahia

BABahiaSérie AÚltimas

Bahia contrata treinador argentino Diego Dabove, ex-San Lorenzo

Publicados

em

Após demitir Dado Cavalcanti, o Bahia já tem um novo comandante para o restante da temporada. A partir de agora, o Tricolor de Aço é treinador pelo argentino Diego Dabove, que acumula passagens por Godoy Cruz, Argentinos Juniors e San Lorenzo. O contrato do novo técnico vai até o fim da temporada 2022

Aos 48 anos, Dabove só começou sua jornada à beira do campo em 2018. Ali, ele já conseguiu se sagrar vice-campeão argentino à frente do modesto Godoy Cruz em 2017/2018, apenas dois pontos atrás do Boca Juniors. Dois anos depois, ele foi responsável por devolver o Argentinos Juniors à Copa Libertadores após nove anos.

Seu último trabalho foi no San Lorenzo, onde esteve até maio. Em Almagro, foram 20 jogos, com sete vitórias, seis empates e sete derrotas. No Bahia, ele encontrará outros dois argentinos: o zagueiro Germán Conti e o meia Lucas Mugni.

Aos portais oficiais do clube, o presidente Guilherme Bellintani falou sobre a escolha do novo comandante. “Buscamos um técnico em ascensão, moderno, de uma escola nova e com reconhecido de trabalho de aproveitamento de jovens jogadores”.

Histórico

A principal campanha de Dabove foi justamente no vice-campeonato do país vizinho. Na oportunidade, ele assumiu a equipe na 11ª colocação e guiou o clube de Mendoza à parte de cima da tabela. Nas 16 rodadas que ele comandou, o Godoy conseguiu 12 triunfos e 3 empates, perdendo apenas um jogo, além de ter o melhor ataque, com 31 gols marcados, e a segunda melhor defesa, com apenas 10 concedidos.

Aquela fase foi marcada por uma boa utilização dos jovens, uma nova solidez defensiva da equipe e a revitalização de algumas peças, como o artilheiro Morro García, que se cravou como ídolo do clube.

Pouco após deixar o clube, ele assumiu o Argentinos Juniors, que vinha de grande instabilidade no inicio da temporada e conseguiu evitar o rebaixamento, ainda que em uma campanha instável. Para a temporada 2019/2020, porém, a receita de jovens, defesa segura e artilheiro recuperado voltou a dar certo e o time encerrou a Superliga na quinta colocação, retornando à Libertadores – vaga que o Bahia vem buscando há alguns anos e agora encontra um comandante experiente em trazer.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending