conecte-se conosco
Roberto Fernandes, do Santa Cruz Roberto Fernandes, do Santa Cruz

PESanta CruzSérie CÚltimas

Técnico diz que arbitragem ‘tirou’ oito pontos do Santa Cruz na Série C e vê luta até o fim

Foto: Rafael Melo/Santa Cruz

Publicados

em

A derrota do Santa Cruz para o Paysandu está sendo bastante difícil de digerir para o Tricolor. E com razão. Aos 10 minutos do segundo tempo, a equipe coral teve um gol mal anulado pela arbitragem, em um momento onde pressionava o adversário. Contudo, três minutos depois, o Papão abriu o placar e conseguiu garantir o resultado. Para o técnico Roberto Fernandes, os árbitros vêm complicando muito a vida do Santa Cruz na Série C.

Mesmo sem tirar a grande parcela de culpa do próprio clube no atual momento, onde a queda para a Quarta Divisão se torna cada vez mais iminente, ele vê que a arbitragem teve influência direta em outras partidas, por anular erroneamente um tento coral em momento chave do jogo. Para ilustrar, o comandante lembrou da partida contra o Altos, em Teresina-PI, onde a equipe também teve um gol, na visão dele, mal anulado.

“Nós teríamos 19 pontos, estariam faltando três rodadas e estaríamos brigando pela classificação. Não estamos aqui para isentar ninguém de suas responsabilidades. Eu, como treinador, tenho. Os atletas e todos os que fazem o clube têm a sua responsabilidade por chegarmos neste momento. Mas também não vou isentar a arbitragem. Graças à arbitragem, o Santa Cruz tem oito pontos a menos no campeonato. Hoje foi a mesma história do jogo contra o Altos. Eu prefiro não imaginar que isso seja alguma coisa orquestrada, mas que, a arbitragem hoje é órfã do VAR, isso sem dúvidas. Se antes do VAR já tínhamos erros, hoje com um trio acostumado com ele, e vem apitar sem, eles erram muito. Seja por falta de concentração ou porque são dependentes do VAR”, reclamou Roberto Fernandes.

O treinador também analisou que o Santa Cruz vem tendo uma melhora considerável no segundo turno. Atualmente, a Cobra Coral tem o quinto melhor desempenho no returno, com oito pontos em seis jogos. Era o quarto, mas foi ultrapassado pelo próprio Paysandu. A derrota deixa a situação ainda mais difícil, ainda havendo a chance do Tricolor ser rebaixado para a Série D já na próxima rodada. Mas Roberto ainda destaca que o time lutará até o fim.

“O Santa Cruz, neste segundo turno, até o jogo de hoje, era o quarto colocado. Hoje o Santa Cruz é uma equipe competitiva, no nível da competição. Se não somos melhores, também não somos piores do que ninguém. O resultado de hoje não foi porque o Paysandu foi melhor, foi porque houve uma influência direta da arbitragem. Então isso é o que nos dá esperanças. É muito difícil e não vamos iludir o torcedor. Matematicamente ainda há chance, então também há esperança. Se há esperança, há vida”, concluiu.

Confira os outros tópicos da fala do técnico do Santa Cruz

Resultado é um baque para o time?

A equipe, hoje, dentro da sua capacidade, encontrou seu equilíbrio. Com os atletas brigando, o resultado não foi por questão tática ou técnica, e sim por influência direta de um erro de arbitragem. É um baque. Em todos nós. Mas, na conversa após o jogo, procurei passar essa mensagem para os atletas de que há possibilidade. O pior seria se acontecesse a combinação de resultados e não fizéssemos nossa parte. Nós temos que buscar fazer nossa parte nesses últimos três jogos.

Entrada de Rondinelly no segundo tempo

Não precisa nem ser muita estratégia. Não tínhamos volante no banco. Só tínhamos meias, ou Rondinelly ou João Cardoso. Temos quatro volantes no elenco e até utilizo o Tarcísio em alguns jogos, mas ele também estava de fora. O Augusto (César) estava vetado e o Caetano estava suspenso pelo terceiro amarelo. Dois deles fora. Como o Vitinho tomou o cartão amarelo, e num jogo como esse, sabíamos que estava sujeito a expulsão e tive que fazer a substituição. Como a equipe precisava da vitória, coloquei um meia. Se a equipe ganha, eu fiz uma alteração ousada. Como a gente perdeu, vêm esses questionamentos que a gente está aqui para esclarecer. 

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Trending