conecte-se conosco

PESérie ASportÚltimas

Sabino supre saída de Adryelson, vira pilar e atinge ‘melhor momento’ da carreira no Sport

Zagueiro jogou todas as partidas no turno e tem bons números; confira

Foto: Anderson Stevens/ Sport Recife

Publicados

em

Nas vésperas de começar a Série A, o Sport sofreu uma perda importante com a saída de Adryelson, negociado ao exterior, que abriu uma lacuna na defesa rubro-negra. Que foi, entretanto, rapidamente suprida no aspecto técnico por Sabino, substituto do prata casa desde a primeira rodada da competição e que tornou-se rapidamente um dos pilares da equipe, inclusive ostentando a faixa de capitão.

LEIA: Após exames no Sport, Zé Welison e Gustavo podem enfrentar Inter; veja casos

O zagueiro foi o único jogador de linha a disputar todos os minutos do Sport no Brasileirão, entrando em campo nas 19 rodadas do primeiro turno – na maior parte ao lado de Rafael Thyere, mas nos últimos jogos com Pedro Henrique. Além disso, em comparação com os jogadores dos outros times, aparece com números de destaque.

De acordo com o portal estatístico Sofascore, Sabino é o quinto zagueiro com maior média de cortes (5.2 por partidas), além de 22 interceptações (geral) e nenhum erro defensivo grave. Números, aliás, que contribuíram para o Sport ter a segunda melhor defesa do campeonato, com apenas 14 gols sofridos em 19 jogos, além de nove partidas sem ter sido vazado. 

“Fico feliz, o jogador trabalha para isso. Sabemos que a vida do jogador é meio difícil, por cartões, lesões. Então fico feliz de ter jogado todas as partidas, ter bons números”, celebrou o zagueiro.

Revelado pelo Santos, o zagueiro de 25 anos começou a aparecer no futebol em 2019, pelo Coritiba, na Série B. No ano seguinte, disputou pela primeira vez a elite nacional, ainda pelo Coxa. Até desembarcar na Ilha do Retiro em abril deste ano, onde vive o auge da carreira, segundo afirmou.

“Acho que é o melhor momento, sim. Acho que é uma consolidação aqui no Sport, Série A, muito difícil, grandes jogadores, então fico feliz de estar indo bem. Sempre vou dar meu melhor pelo Sport, que me acolheu muito bem”, avaliou o defensor. 

Agora, números individuais à parte, Sabino busca a melhora coletiva do Sport para deixar a zona de rebaixamento – o time é 18º colocado, com 17 pontos, quatro abaixo do Bahia, primeira equipe fora da degola. Nesta segunda, o Leão recebe o Inter, na Ilha do Retiro.

“Jogo difícil, Internacional é muito qualificado, grandes jogadores. Tivemos um empate no primeiro turno, na ocasião ainda estávamos pegando entrosamento. Creio que nesse jogo estamos mais entrosados, conhecendo mais os companheiros e vai ser um belo jogo. Esperamos sair sem sofrer gols e fazer lá na frente para sair com a vitória”, concluiu.

Trending