conecte-se conosco
Vico, atacante do Vitória Vico, atacante do Vitória

BASérie BÚltimasVitória

Vico aciona Vitória na Justiça, cobra R$ 722 mil, mas não consegue rescisão antecipada

Foto: Letícia Martins/EC Vitória

Publicados

em

Afastado do elenco do Vitória desde outubro, sem fazer mais parte dos planos do clube para o restante da temporada, o atacante Vico acionou o Leão na Justiça. Ele cobra R$ 722 mil em uma ação que envolve salários atrasados, além de 13º, FGTS e férias não recolhidos. Tendo contrato até dezembro, o jogador pediu ainda a rescisão de contrato antecipada, que foi negada pela Justiça do Trabalho. A informação foi veiculada primeiramente pelo portal Bahia Notícias.

O processo corre na 20ª Vara do Trabalho de Salvador. Nele, Vico ainda alega que o Vitória prorrogou de maneira não acordada a redução de 25% dos salários feita durante a pausa do futebol no começo da pandemia da covid-19. Segundo o atacante, a direção rubro-negra tinha acertado com ele de que essa redução seria entre maio e junho de 2020, mas seguiu até março de 2021. A audiência do caso está marcada para o dia 7 de fevereiro.

Afastamento conturbado do Vitória

Ao saber que estava fora dos planos do Vitória para o restante da temporada, Vico ainda se recuperava de lesão na coxa, sofrida em agosto. Ele bateu de frente com a versão dada pela diretoria no seu afastamento. Segundo o jogador, ele custeou do próprio bolso os tratamentos enquanto esteve lesionado e que queria ajudar nesta reta final de Série B.

O atacante chegou ao Vitória no ano passado, onde foi peça importante para a permanência na Série B. Nesta temporada, por sua vez, sofreu com contusões e jogou pouco – apenas 15 vezes, com dois gols e duas assistências.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending