conecte-se conosco
Técnico Wagner Lopes, do Vitória Técnico Wagner Lopes, do Vitória

BASérie BÚltimasVitória

Vitória tem 91% de risco de queda e precisa de combinação na última rodada; veja cenário

Rubro-negro tem que vencer e torcer por tropeços de rivais; entenda

Foto: Pietro Carpi/ ECV

Publicados

em

O Vitória dependia apenas das próprias forças, mas perdeu para o CRB, na noite da última segunda-feira, e ficou em situação muito delicada na zona de rebaixamento faltando apenas uma partida para o término da Série B.

Além de precisar vencer o Vila Nova no Barradão, o Leão precisará de uma combinação de resultados e as chances de queda para a Terceirona são de 91%, de acordo com o departamento de matemática da UFMG, especializado em estatísticas no futebol.

Atualmente, o Vitória aparece na 18ª colocação, com 40 pontos. Na frente do time baiano, estão Londrina (17º), com 41 pontos, e o Remo (16º), com 42. Ou seja, Rubro-negro torce pelo tropeço de ambos os rivais.

A equipe paranaense recebe o Vasco, que não tem mais pretensões no campeonato, e não pode vencer. Já o time paraense também joga em casa contra o já rebaixado Confiança e precisa necessariamente perder.

Isso porque o Remo, em caso de empate, não seria ultrapassado mesmo em caso de triunfo do Vitória, uma vez que ambos ficariam com 43 pontos, mas a equipe de Belém venceu mais vezes no campeonato (11 contra oito).

“Enquanto tiver 1% de possibilidade, é acreditar. Os outros adversários podem perder. A gente vai para o jogo em casa para vencer e ainda ter esperança, levantar a cabeça e trabalhar firme para buscar os 43 pontos e a permanência na Série B”, disse o técnico Wagner Lopes ao avaliar o panorama.

Adversário neste domingo em Salvador, aliás, o Vila Nova figura no 10º lugar, com 48 pontos, e não tem mais ambições na Segundona.

Trending