conecte-se conosco
Atlético de Alagoinhas x CSA, Copa do Brasil Atlético de Alagoinhas x CSA, Copa do Brasil

ALBACopa do BrasilCSAÚltimas

Em jogo intenso e aberto, CSA empata e elimina Atlético de Alagoinhas da Copa do Brasil

Morgana Oliveira/Ascom CSA

Publicados

em

O Atlético de Alagoinhas recebeu o CSA para um confronto nordestino na primeira fase da Copa do Brasil. Em campo, os baianos pressionaram e tiveram boas oportunidades desde o início do jogo, mas viram os alagoanos saírem na frente, com Marco Túlio. O Atlético seguiu na pressão e conseguiu o empate ainda no primeiro tempo, com Thiaguinho. Mas, no segundo tempo, o ritmo intenso da etapa inicial pesou e o jogo terminou no 1 a 1, classificando o CSA.

Ao todo, o jogo foi equilibrado e em alta rotação, com dois times propositivos do início ao fim do jogo, resultando em uma partida 35 finalizações – 18 do Atlético e 17 do CSA.

Como fica?

Agora, com a classificação garantida, o CSA avança à segunda fase da Copa do Brasil. Mas, para essa nova disputa, o adversário só será conhecido no próximo dia 2, às 20h30, quando Trem-AP e Paysandu se enfrentam para definir quem avança para pegar o clube nordestino.

O CSA segue a temporada às 17h deste sábado, enfrentando o ASA, em Arapiraca, pelo Alagoano. O ASA, inclusive, foi eliminado da Copa do Brasil pouco antes do jogo do rival, em derrota para o Cuiabá. Do lado do Atlético, o próximo jogo é às 16h do sábado, enfrentando o Vitória, no Barradão.

Primeiro tempo

O CSA entrou em campo com uma proposta de maior posse de bola. Tentando controlar o meio de campo, o Marujo trocava muitos passes, mas tinha um futebol mais cadenciado e errava mais passes. O Atlético, por sua vez, era um time mais coletivo, intenso, veloz e eficaz, ditando o ritmo de jogo, mesmo sem ter a posse. Assim, os baianos conseguiam criar perigo em quase todas as vezes que recuperavam a bola.

Mas, mesmo com essa superioridade ofensiva do Carcará, os alagoanos saíram na frente. Aos 28, Lucas Barcelos encontrou o caminho aberto pela direita, disparou e tocou para trás, com Marco Túlio chegando na meia-lua para encher o pé e marcar um golaço, sem chances de defesa para Fábio Lima.

Atrás do placar, o Atlético não mudou sua proposta e seguiu atacando para buscar o gol. Assim, não demorou muito para que as redes balançassem de novo. Aos 41, Thiaguinho abriu com Paulinho na direita e foi para a pequena área, receber o cruzamento e cabecear para o empate.

Segundo tempo

Depois do intervalo, o CSA voltou com uma marcação mais acertada no meio de campo. Com isso, o Marujo conseguiu segurar um pouco da força ofensiva dos baianos e gerar um jogo de maior equilíbrio na faixa central de campo.

Mas o equilíbrio era para baixo, com um jogo mais disputado e com poucas chances de gol. E, com o passar do tempo, a situação ficava mais complicada para o Atlético, que não tinha mais fôlego para o jogo de intensidade que tinha aplicado no primeiro tempo.

Mas isso mudou nos minutos finais. Precisando do resultado, o Atlético foi para cima e abriu completamente o jogo, dando uma série de chances de ataque para os dois lados. Ditando o ritmo, o Carcará só chegou uma vez, com Jerry parando em defesa de Carné.

O Marujo, trabalhando no contra-ataque, conseguiu ser mais perigoso e abusou de perder oportunidades. Nas principais, Osvaldo parou em grande defesa de Fábio Lima, Dalberto saiu sozinho e bateu para fora e Didira escorregou na hora de finalizar na frente do goleiro. O time ainda teve a vida facilitada no minuto final, quando Emerson, do Atlético, foi expulso por reclamação.

Ficha do jogo

Atlético de Alagoinhas (1)
Fábio Lima; Paulinho, Iran, Bremer e Caetano (Matheus Leal); Dionísio, Lucas Santos (Gabriel Esteves) e Miller; Jerry, Rael (Cesinha) e Thiaguinho (Emerson). Técnico: Agnaldo Liz.

CSA (1)
Marcelo Carné; Cedric (Igor), Wellington, Werley e Ernandes; Felipe Augusto (Osvaldo), Geovane e Gabriel; Marco Túlio (Yann Rolim), Lucas Barcelos (Didira) e Rodrigo Rodrigues (Dalberto). Técnico: Mozart Santos.

Local do jogo: Estádio Carneirão, em Alagoihas-BA
Árbitro: Antonio Dib Moraes de Sousa (PI)
Assistentes: Rogério de Oliveira Braga (PI) e Márcio Iglésias Araújo Silva (PI)
Gols: Marco Túlio (28’/1ºT | CSA), Thiaguinho (41’/1ºT | ALA)
Cartão vermelho: Emerson (ALA)
Cartões amarelos: Jerry (ALA), Gabriel, Lucas Barcelos e Werley (CSA)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Trending