conecte-se conosco
Botafogo x Fortaleza Botafogo x Fortaleza

CEFortalezaSérie AÚltimas

Com um a menos, Fortaleza sofre virada do Botafogo e segue sem vencer na Série A

Foto: Vítor Silva/Botafogo

Publicados

em

Mais uma vez o Fortaleza saiu na frente e viu a vitória escapar nesta Série A. Diante do Botafogo, no estádio Nilton Santos, o Tricolor marcou com Moisés, mas após a expulsão de Ceballos – ainda no primeiro tempo – viu o Alvinegro empatar com Erison e conquistar a virada com gols de Patrick de Paula e Daniel Borges na reta final da segunda etapa.

Com o resultado, o Fortaleza segue na lanterna da Série A com apenas um ponto conquistado em cinco jogos disputados na elite nacional.

O próximo compromisso do Leão do Pici será pela Libertadores. O Tricolor enfrenta o Alianza Lima, no Peru, na próxima quarta-feira, às 23h (horário de Brasília). Pelo Brasileirão, a equipe cearense volta a campo no domingo, às 16, contra o Fluminense, na Arena Castelão.

O jogo

O início da partida foi marcado por um Botafogo querendo mostrar serviço para a sua torcida, que encheu as arquibancadas do Nilton Santos. Assim, embalado pelo bom momento, o Alvinegro dominou as ações nos primeiros minutos e apertou o Tricolor do Pici em seu campo, dificultando a saída de bola do Leão.

Contudo, na sua primeira descida ao ataque, o Fortaleza abriu o placar. Lucas Lima foi lançado no ataque e tocou para Romero. O atacante dividiu com o goleiro botafoguense e viu a bola sobrar para Moisés, que empurrou para as redes. O lance passou por revisão do árbitro de vídeo, que demorou mais de três minutos para validar o gol.

Após o gol, o jogo ficou equilibrado. Enquanto o Botafogo mantinha sua proposta de propor o jogo, especialmente pela direita, aproveitando o espaço nas costas de Lucas Crispim, o Fortaleza tentava levar perigo a partir dos contra-ataques.

A virada de chave da partida aconteceu aos 40 minutos da primeira etapa. Após levar o primeiro amarelo por demorar a cobrar um lateral, o zagueiro Ceballos matou um contragolpe botafoguense ao fazer falta por trás em Saravia. Como resultado, o defensor acabou expulso pelo segundo cartão e ainda viu o Alvinegro empatar o jogo no lance seguinte com o centroavante Erison.

Nos minutos finais, o Fortaleza sofreu com a pressão do Botafogo, que tentou aproveitar a vantagem numérica para desempatar a partida. O Alvinegro ainda teve uma grande chance nos acréscimos com Tchê Tchê após tabela entre Victor Sá e Oyama. Porém, o volante acabou isolando.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, o técnico Juan Pablo Vojvoda reestabeleceu a defesa do Fortaleza com a entrada de Titi na vaga de Silvio Romero. Assim, com apenas Moisés á frente o Leão do Pici passou a adotar uma postura mais defensiva e ainda mais baseada na saída em velocidade para os contra-ataques.

O Botafogo, por sua vez, continuou a pressionar a saída de bola do Tricolor e imprimir um ritmo ofensivo forte em busca do gol. Aos 10 minutos, o Glorioso até chega a marcar com Erison, porém, após análise do VAR, o lance acabou impugnado.

O Fortaleza só conseguiu voltar a ser perigoso na partida após a entrada de Renato Kayzer, acionado no lugar de Lucas Lima. Foi a partir de jogada do centroavante que o Leão teve sua primeira boa chance na etapa final. Aos 16, Moisés avança pela esquerda e aciona o camisa 79, que é desarmado. Na sobra, Felipe enche e é bloqueado pelo zagueiro Cuesta.

O centroavante alencarino teve outra boa chance aos 30 minutos, quando em cobrança de falta, acertou um chute forte, que exigiu uma excelente defesa do goleiro Gatito Fernandez.

Nos minutos finais, o Botafogo conseguiu a virada. Acionado na segunda etapa, o volante Patrick de Paula sofre falta do zagueiro Benevenuto na intermediária. Ele mesmo cobra, a bola bate na cabeça de Yago Pikachu e acaba batendo o goleiro Marcelo Boeck.

O Alvinegro ainda marcou o terceiro nos acréscimos. Chay recebeu na grande área e abriu a bola para Daniel Borges. O lateral tenta cruzar duas vezes, sendo a primeira interceptada por Benevenuto e a segunda toca em Marcelo Boeck e acaba entrando.

Ficha do jogo

Botafogo 3
Gatito Fernández; Saravia (Hugo), Kanu, Victor Cuesta e Daniel Borges; Tchê Tchê (Patrick de Paula), Luís Oyama e Lucas Fernandes (Chay); Victor Sá, Diego Gonçalves (Vinícius Lopes) e Erison. Técnico: Luís Castro.

Fortaleza 1
Marcelo Boeck; Tinga, Marcelo Benevenuto e Ceballos; Yago Pikachu, Felipe, Hércules, Lucas Lima (Renato Kayzer) e Lucas Crispim; Moisés (Juninho Capixaba) e Silvio Romero (Titi). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Local: Estádio Nilton Santos
Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Alessandro Álvaro Rocha de Matos (Fifa-BA)
VAR: Daiane Caroline Muniz dos Santos (Fifa-SP)
Gols: Moisés aos 13/1ºT (Fortaleza); Erison aos 41/1ºT, Patrick de Paula aos 41 e Daniel Borges aos 48/2ºT (Botafogo)
Cartões amarelos: Diego Gonçalves, Kanu (Fortaleza); Ceballos (Fortaleza)
Cartão vermelho: Ceballos (Fortaleza)
Público: 23.616 torcedores
Renda: R$ 577.386,00

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Trending