Connect with us
Sampaio Corrêa e Avaí se enfrentaram na noite desta quarta-feira pela Série B Sampaio Corrêa e Avaí se enfrentaram na noite desta quarta-feira pela Série B

MASampaio CorrêaSérie BÚltimas

Sampaio Corrêa perde para o lanterna Avaí e vê Z-4 da Série B se aproximar

Foto: Lucas Veber

Published

on

Bolívia Querida perdeu por 1 x 0 na noite desta quarta na Ressacada

Encarar o pior time da Série B, vindo de um jejum de 11 partidas sem vitórias (ou 74 dias) e dono do pior ataque, não foi o suficiente para o Sampaio Corrêa superar o Avaí na noite desta quarta-feira (19). Jogando no estádio da Ressacada, a Bolívia Querida acabou perdendo por 2 x 0, em partida da 18ª rodada da Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro.

Os gols da partida foram marcados por Denílson, aos 12 minutos do primeiro tempo, após aproveitar cruzamento da esquerda, e Felipinho, aos dois minutos da etapa final.

Com o resultado, o Paio estaciona na 15ª posição e corre o risco de entrar na zona de rebaixamento já na próxima rodada, já que a diferença para a Chapecoense, que abre o Z-4, é de apenas dois pontos. 

O Avaí, por sua vez, quebra uma sequência incrível sem vitória e deixa a lanterna da competição, subindo para o 19º lugar, com 14 pontos.

Próximos jogos

O Sampaio Corrêa volta a campo no próximo domingo para um duelo nordestino. O rival da vez será o Sport, às 18h, no estádio Castelão, em São Luiz.

Já o Avaí vai até Itu, no sábado, encarar o Ituano, às 18h, no estádio Novelli Júnior.

Avaí x Sampaio Corrêa

Sem Pimentinha, sua principal válvula de escape, fora da partida por conta de um desgaste físico, o Sampaio Corrêa teve pouca efetividade ofensiva na noite desta quarta-feira. Nem mesmo o momento ruim do Avaí foi suficiente para nos primeiros 45 minutos ser dominante em campo.

Apesar da primeira tentativa de gol ter sido do Sampaio Corrêa, em chute de longe e sem força de Marcinho aos 10 minutos, foi o Avaí que foi letal quando teve a chance mais clara.

Aos 12, após jogada da esquerda, Denilson apareceu dentro da pequena área para esticar a perna e mandar a bola para o fundo das redes. Gol do pior ataque da competição, já que até então o time catarinense havia marcado apenas nove gols.

À frente do placar, e com Felipinho fazendo uma partida bem interessante, o Avaí seguiu pressionando. Aos 21, o jovem atacante apareceu para cabecear à queima-roupa, parando numa ótima defesa de Luiz Daniel.

Dois minutos depois, Felipinho fez grande jogada, deixando Denilson livre para driblar, escolher o canto, mas perder um gol incrível.

Após esse momento, o Sampaio Corrêa até conseguiu equilibrar o jogo. Mas sem ser muito efetivo. Tanto que sua melhor chance veio somente aos 36. Em toques rápidos, Robinho recebeu e chutou de fora da área. A bola, porém, passou perto da trave.

Na volta para o segundo tempo, mal deu tempo para a mudança de Márcio Fernandes surtir efeito que o Avaí já ampliou o placar. Em erro que começou com uma linha de impedimento mal feita, Felipinho recebeu e arriscou de perna esquerda. E o gol só saiu pelo segundo erro: uma falha do goleiro Luiz Daniel: 2 x 0.

A partir do gol o jogo caiu de produção. Foi a vez então dos técnicos tentarem dar um novo gás no jogo. E, no caso do Sampaio Corrêa, tentar voltar ao jogo. Márcio Fernandes mudou os volantes, inicialmente, e, depois, acionou Emerson Carioca e Neto Paraíba no ataque.

Mas a verdade é que a Bolívia Querida não teve forças. O jogo ficou amarrado e o time não conseguiu mostrar qualidade suficiente para, ao menos, descontar o marcador.

FICHA TÉCNICA

Avaí 2
Igor Bohn; Igor Inocêncio, Roberto, Felipe Silva e Cortez; Wellington (Xavier), Jean Cleber (Felipe Bastos) e Gava; Pottker (Thales Oleques), Felipinho (Waguininho) e Denílson (Patiño). Técnico: Eduardo Barroca.

Sampaio Corrêa 0
Luiz Daniel; Mateus Pivô (Samuel Santos), Gustavo Henrique, Joécio e Vitinho; Jhony Douglas (Mikael), Robinho, Ferreira e Maurício (Vinícius Alves); Marcinho (Neto Paraíba) e Ytalo (Emerson Carioca). Técnico: Márcio Fernandes.

Local: Ressacada, em Florianópolis (SC).
Árbitro: Matheus Delgado Candançan (SP)
Assistentes: Fabrini Bevilaqua Costa (SP) e Evandro de Melo Lima (SP)
Cartão amarelo: Cortez, Jean Cleber, Igor Inocêncio, Felipe Bastos (Avaí); Robinho (Sampaio)
Gols: Denílson, 12/1ºT, Felipinho, 2/2ºT (Avaí)

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados