Connect with us
Náutico encara o Sport na final do Pernambucano Feminino. Náutico encara o Sport na final do Pernambucano Feminino.

Futebol de MulheresFutebol FemininoNáuticoPEPernambucano

Pernambucano Feminino vale volta ao topo do estado para o Náutico; veja

Gabriel França/Clube Náutico Capibaribe

Published

on

Alvirrubras venceram duas das três últimas decisões do certame

Dono da segunda melhor campanha, o Náutico encara o Sport na final do Pernambucano Feminino pelo quarto ano consecutivo. A partida única e decisiva acontece no próximo domingo (19), na Arena de Pernambuco, às 15h50. Em jogo, para as Alvirrubras, além da possibilidade de retomar o topo do estado, a chance de empilhar a quinta taça.

Timbu busca o 5º título estadual. Crédito: Gabriel França/CNC

Vale lembrar que a chegada à decisão do certame garante o Timbu na A3 do Brasileiro. Apesar de somente o título conceder a vaga, as rubro-negras, rivais na finalíssima, já estão asseguradas na Série A2 da competição nacional.

Capitã e vice-artilheira no Pernambucano Feminino

Com passagem recente pelo Sport, a meia-atacante Ingrid retornou aos Aflitos para ser protagonista. Aos 24 anos, ela é a artilheira do Timbu na competição, com 11 gols marcados. Na disputa geral, a camisa 10 fica atrás apenas de Ísis, das Leoas da Ilha, que anotou 17 tentos.

Ingrid, artilheira do Timbu na competição. Crédito: Gabriel França/CNC

Ingrid faz parte de um setor ofensivo bastante positivo, inclusive. Isso porque as Guerreiras Alvirrubras balançaram as redes 35 vezes no Pernambucano Feminino. Lá atrás, apenas quatro gols sofridos. A única derrota, ainda na primeira fase, foi justamente para o Sport, por 3 x 1.

Mulher no comando

Fabya Santos, treinadora alvirrubra. Crédito: Gabriel França/CNC

O Náutico pode ser campeão com uma mulher no comando. Fabya Santos foi oficializada ainda em dezembro de 2022, quando substituiu Edu Cabral. Nos últimos dois títulos, em 2020 e 2021, as Alvirrubras tinham Jeronson França na área técnica.

Antes de Fabya, a equipe feminina do Timbu teve Jaqueline Rodrigues e Gleice Falcão como comandantes. Agora, a profissional de 40 anos tem a oportunidade de conduzir as Guerreiras Alvirrubras de volta ao topo do futebol pernambucano.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados