conecte-se conosco

PESanta CruzSérie C

Santa Cruz amplia jejum, perde para o Vila Nova e liga alerta no quadrangular

Publicados

em

O Santa Cruz voltou a apresentar um futebol abaixo do que pode produzir. Depois de empatar sem gols contra o Brusque na estreia do quadrangular da Série C, a Cobra Coral voltou ao Arruda neste sábado e, diante do Vila Nova, não conseguiu se impor jogando sob seus domínios. Resultado: com gols de Henan e Rafhael Lucas, perdeu por 2 a 1 para o Tigre e ampliou para cinco o jejum de vitórias na competição. Victor Rangel diminuiu para o Tricolor.

Como fica

Com o revés, o Santa Cruz cai para a última posição do quadrangular, com apenas um ponto somado, mas ainda aguarda o confronto entre Ituano e Brusque, na segunda-feira, para definir em qual posição ficará na tabela. Na terceira rodada, o time de Marcelo Martelotte encara o Ituano, atual líder, fora de casa.

Sem força

Santa Cruz e Vila Nova fizeram um primeiro tempo bastante movimentado no Arruda. Mas quem se saiu melhor foram os goianos, que tiveram objetividade e impediram o Tricolor – muitas vezes nervoso para construir logo o resultado – , de criar ofensivamente. Não à toa o goleiro Fabrício sequer fez uma defesa.

E, assim, ditando o ritmo de jogo e inibindo os pernambucanos, o Tigre, que já havia chegado com perigo em duas oportunidades, abriu o placar com seu principal jogador: Henan. Aos 24, Alan Mineiro levantou na área e o atacante subiu livre e, de cabeça, venceu Maycon Cleiton.

Ferrolho alvirrubro

Se lançando ao ataque na etapa complementar, o time coral sucumbiu ao nervosismo e mesmo partindo para cima, não construiu nenhuma jogada de grande efetividade contra o gol de Fabrício. E aí, mais uma vez, veio a ducha de água fria imposta pelo Vila Nova. Apostando no jogo reativo e baixando as linhas, o Tigre seguiu criando as melhores chances e, dominante na defesa, ampliou o placar.

Após falha de André na hora de rifar a bola, Rafhael Lucas, aos 34, finalizou forte de fora da área e contou com falha grotesca de Maycon Cleiton para fazer o segundo. Victor Rangel, dois minutos depois, chegou a diminuir, mas não foi suficiente para evitar o tombo coral.

A queda de produção em Brusque seguiu no Arruda e o tricolor se complicou bastante no quadrangular. Somou apenas 1 ponto em 6 disputados.

Para esquecer

Antes protagonista sob o comando de Martelotte, o ataque do Santa Cruz deixou e muito a desejar neste sábado. O trio titular formado por Pipico, Lourenço e Chiquinho pouco fez. Os dois primeiros, sobretudo, sequer tocaram na bola – ou até mesmo apareceram para chutar em gol, ainda que para fora.

Outro que também fez uma partida para se esquecer foi Leonan, substituto de Perí na lateral esquerda. Irregular, ficou responsável por marcar o principal jogador do Vila Nova, Henan, e falhou em praticamente todas as vezes que tentou inibir o centroavante – curiosamente, o melhor em campo. O que diz muito sobre o jogo.

Continue lendo
2 Comentários

2 Comments

  1. Paulo

    20 de dezembro de 2020 a 14:08

    Parabéns a toda equipe do NE45. Excelente site com muita informação relevante. Adorei os gráficos e Camila da um show na escrita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending