conecte-se conosco

EstaduaisPBÚltimas

Por dívida de R$ 4,6 mil, Treze é suspenso de competições oficiais

Publicados

em

Uma causa referente a 2019. Uma dívida de R$ 4,6 mil. Uma decisão dúbia, mas que suspende o atual campeão paraibano por seis meses de todas as competições oficiais. Esse foi o saldo da 1ª Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva da Paraíba (TJD-PB), realizada na última terça-feira, e que puniu o Galo por conta de um atraso em um jogo da equipe feminina ocorrido no Campeonato Estadual do ano passado.

Na ocasião, o Treze foi inicialmente punido com uma multa de R$ 2,3 mil por entrar em campo com 23 minutos de atraso para uma partida contra a equipe do Mixto. Como não houve pagamento, o valor da multa dobrou em uma segunda condenação, com a diretoria alvinegra pedindo o parcelamento da dívida, o que foi autorizado. Porém, nenhuma parcela foi paga.

Diante disso, em julgamento na última terça-feira, o relator do processo, Francisco Fidélis, votou pela suspensão do Treze por todas as competições por seis meses, além do restabelecimento da multa e da impossibilidade de novo parcelamento. Parecer que foi aprovado por unanimidade entre todos os auditores da 1ª Comissão Disciplinar.

O departamento jurídico do Treze já informou que vai recorrer da decisão. Porém, o vice diretor jurídico do clube, Warlen Andrade, admitiu não saber se a punição de seis meses se aplica apenas ao departamento feminino ou ao clube como um todo. Vale ressaltar que, no próximo ano, o time masculino do Treze irá disputar Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série D do Campeonato Brasileiro, além de aguardar uma definição sobre a realização ou não do Campeonato Paraibano.

Warlen, por sinal, tratou a decisão como “absurda”. “A decisão não foi clara, em relação à suspensão. Se ele vale para todo o clube ou apenas para o futebol feminino. Mas entendo que seja apenas para o futebol feminino. De toda forma, é uma decisão extremamente absurda”, afirmou, em entrevista ao NE45.

Paralelamente a isso, o Treze segue montando seu elenco para a temporada 2021, quando terá como técnico o ex-jogador Marcelinho Paraíba. Ao todo a diretoria já realizou seis contratações. A última, o volante Régis Potiguar, de 28 anos, ex-Náutico, América-RN e que estava no Operário-PR.

Foto: Divulgação

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados