conecte-se conosco

BASérie BÚltimasVitória

Vitória empata com o Operário no Barradão e segue próximo ao Z4

Publicados

em

No jogo que marcou a reestreia do técnico Rodrigo Chagas, o Vitória não teve um grande desempenho, apresentou velhas dificuldades na criação das jogadas e empatou por 1×1 com o Operário, no Barradão, neste domingo (3), pela Série B. O Leão saiu na frente logo aos dois minutos com Vico, mas sofreu o empate aos seis com Ricardo Bueno.

Sem vencer há três rodadas, o Leão ficou em 15º com 37 pontos e ainda próximo da zona de rebaixamento. Na sequência da rodada, o Vitória terá de torcer contra Náutico e Paraná, que entram em campo na segunda-feira. O Timbu, inclusive, pode ultrapassar o Rubro-negro caso vença o Confiança, no Batistão.

Início animado

O começo da partida foi movimentado e com a bola parada sendo decisiva para as duas equipes. Logo aos dois minutos, Vico cobrou uma falta com categoria e abriu o placar para o Vitória. Porém, o Operário reagiu aos seis com Ricardo Bueno. Marcelo cobrou falta da direita e o centroavante mandou de cabeça para o gol. Com o 1×1 no placar, a equipe paranaense cresceu em campo e teve volume de jogo. Enquanto o Leão teve dificuldades para construir as jogadas no campo ofensivo. 

Empate justo

Na volta do intervalo, o jogo ficou mais aberto. O Vitória passou a ter mais objetividade no campo de ataque e ficou perto do desempate. Na melhor delas, Léo Ceará cobrou uma falta e o goleiro Martín Rodríguez mandou para escanteio. O Operário, no entanto, também chegou com perigo e acertou o travessão em arremate de Douglas Coutinho. Porém, as duas equipes não acertaram o gol novamente e a partida terminou de forma justa em 1×1.

Ficha do Vitória

Estatísticas

Posse de bola: Vitória 61% x 39% Operário
Finalizações: Vitória 16 x 8 Operário
Finalizações no gol: Vitória 6 x 3 Operário
Passes certos: Vitória 464 (88%) x 218 (75%) Operário
Faltas: Vitória 17 x 20 Operário
Desarmes: Vitória 9 x 16 Operário
Defesas do goleiro: Vitória 2 x 6 Operário

Sequência

O resultado foi lamentado pelos rubro-negros por conta da sequência na Série B. Nas últimas seis rodadas, o time fará quatro jogos fora e apenas dois no Barradão contra Chapecoense e Botafogo-SP.

Foto: Pietro Carpi/ECV

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending