conecte-se conosco

PISérie DÚltimas

69 ou 6.540? River tem divergência em lista de sócios aptos a eleição

Foto: Reprodução/Instagram

Publicados

em

No próximo sábado, os sócios do River elegerão o novo presidente do clube para o triênio 2021/2023. No entanto, há uma divergência (gritante) entre o número de associados aptos a comparecerem às urnas. Nesta quarta-feira, o clube publicou o edital convocatória da eleição com o nome de apenas 69 sócios aptos a votar. Número bem inferior ao definido pelo Conselho Deliberativo, que havia liberado 6.540 associados a participarem do pleito.

A diferença se dá pelo ato do Conselho, que em assembleia extraordinária na última segunda-feira, anistiou todos os sócios do clube com débitos pendentes nos últimos três anos. Decisão, no entanto, que não foi aceita pelo atual presidente executivo Genivaldo Campelo, que alega irregularidades no processo, com a falta da publicação da convocação da assembleia em jornal de grande circulação do estado.

Vale ressaltar que a eleição no River ocorre de forma indireta. Ou seja, os sócios aptos (69 ou 6.540) irão eleger os 50 novos integrantes do Conselho Deliberativo (30 titulares e 20 suplentes) que por sua vez irão escolher o novo mandatário executivo. 

Concorrem à presidência do River, os candidatos Ítalo Rodrigues, empresário e apoiado pelo atual presidente Genivaldo Campelo, e o ex-diretor de futebol do clube Robert Ibiapina, pela oposição.

Na temporada 2021, o River terá como única competição o Campeonato Piauiense, uma vez que, após uma péssima participação no estadual do ano passado (quando correu risco de rebaixamento e foi eliminado na primeira fase), a equipe não conseguiu classificação para a Copa do Nordeste e Copa do Brasil. Além disso, como foi eliminado na 2ª fase da Série D, também não obteve a vaga para o Brasileiro deste ano.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending