conecte-se conosco

CECearáSérie AÚltimas

Vina fala sobre futuro no Ceará e sonho de levar clube a Libertadores

Foto: Reprodução/TV Vozão

Publicados

em

Principal jogador do Ceará na temporada e um dos destaques do Campeonato Brasileiro como um todo, o meia Vina voltou a brilhar pelo Vozão, no último domingo, ao marcar o primeiro gol da vitória por 2 a 0 sobre o Flamengo, no Maracanã. Ao ponto da torcida alvinegra, de imediato, iniciar nas redes sociais a campanha #RenovaVina, uma vez que o jogador tem contrato até o final da Série A. 

Nesta terça-feira, em entrevista coletiva, o jogador agradeceu os pedidos dos torcedores, mas deixou em aberto o seu futuro no clube. O meia reconheceu que já existem conversas com a diretoria a cerca de uma possível renovação, mas enfatizou que, no momento, a prioridade é concluir da melhor maneira possível o Campeonato Brasileiro pelo Ceará. E isso passa por levar o clube, pela primeira vez na história, a uma Libertadores.

Com 39 pontos, o Vozão está na 9ª colocação da Série A. Porém, é possível que a faixa de classificação para a Pré-Libertadores se estenda ao sétimo lugar, uma vez que Grêmio e Palmeiras irão decidir a Copa do Brasil e já estão entre os seis primeiros colocados. E possivelmente até o oitavo lugar, caso Palmeiras ou Santos conquistem a edição atual do torneio sul-americano.

“Para qualquer jogador isso é gratificante, você ter o respeito e o carinho do torcedor. Nas minhas redes sociais foi fantástico, principalmente ontem (segunda-feira, 11), a minha rede social e a da minha esposa chegaram a travar. Tanto  eu quanto a diretoria nunca escondemos que estamos conversando, mas ainda o pensamento é nessa temporada, e no que a gente pode fazer nesse Campeonato Brasileiro”, pontuou Vina.

“Sou um jogador de 29 anos e tenho que tomar cuidado com as minhas escolhas. Mas sempre deixando claro que sou muito feliz aqui e abracei o planejamento inicial. Óbvio que estamos conversando, mas deixei claro para esperar um pouco o Brasileiro. Temos metas e quero estar 100% focado nesse papel dentro de campo. Estando bem dentro de campo, isso reverte em muita coisa fora e fica bem pra todo mundo. Claro que tenho o desejo de jogar fora do País, mas se for para ficar aqui feliz, vou ficar. Mas agora é pensar em fazer história”, completou. 

Diante disso, o meia reconheceu que classificar o Ceará para uma inédita Libertadores está sim nos planos. “Temos primeiro que chegar aos 45 pontos nos livramos matematicamente de qualquer risco de rebaixamento para a partir daí pensar grande. Óbvio que quando se livra do rebaixamento, a Sul-Americana fica muito perto. Mas aí temos outros sonhos, que é bem claro, que é a Pré-Libertadores, porque aí sim é fazer história dentro do clube. A gente vai passo a passo, com os pés nos chão, e com esse pensamento para quem sabe, lá em fevereiro, a gente possa estar comemorando algo muito grande dentro do clube.”

Continue lendo
2 Comentários

2 Comments

  1. Mario

    13 de janeiro de 2021 a 08:49

    Não é correto chamar de pré-libertadores, é Libertadores (fase pré-grupos), mas G6, que pode virar G8 garante vaga na Libertadores. Bora Vozão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending