conecte-se conosco

PESanta CruzSérie CÚltimas

O último ato: Santa Cruz decide acesso para iniciar década longe da Série C

Publicados

em

É pouco dizer que neste domingo, a partir das 18h, no Arruda, o Santa Cruz disputa o jogo mais importante da temporada – ainda que, na frieza dos números, o seja. Mas não só. A partida contra o Brusque significa bem mais.

Como bem resumiu Tom Assmar, comentarista do Futebol S/A, “uma partida de futebol é a nossa vida em 90 minutos”. E é exatamente isso que está em jogo diante da equipe catarinense: a chance, o último ato do Tricolor de fechar uma década marcada em grande parte por insucessos, ‘quases’, e iniciar outra, bem melhor – e na Série B.

Desta vez, porém, em um cenário incomum. Em uma Arruda solitário, vazio devido à pandemia de Covid-19. Pipico, Danny Morais, Didira, Chiquinho, Maycon Cleiton e tantos outros jogarão sem aplausos, gritos ou até mesmo vaias de quem sempre lhes estendeu a mão: a torcida. Mas com a obrigação de vencer o Brusque, apesar de não depender das próprias forças.

Calculadora

Isso porque entre Ituano e Vila Nova, outro confronto que fecha a última rodada do quadrangular do acesso da Série C, o Santa Cruz torce por um empate ou triunfo do time paulista, que joga dentro de casa – com a condição de que não lhe ultrapasse no critério de saldo de gols, favorável ao Tricolor (-1 x -2).

Mudanças

O discurso dentro do Arruda, porém, é de foco irrestrito no jogo contra o Brusque. Para bater o rival, o técnico Marcelo Martelotte disse que pretende colocar em campo uma equipe de postura mais ofensiva. A principal dúvida, no entanto, é saber se Pipico, artilheiro do time na temporada, mas que anda devendo no quadrangular, entrará entre os titulares ou vai ficar na reserva. A única certeza é que, no meio de campo, Bileu, retornando de suspensão, substituirá André.

Desfalques

Mas o comandante coral também terá que conviver com algumas ausências por Covid-19. Às vésperas do confronto, o lateral direito Augusto Potiguar, o lateral esquerdo Perí e o zagueiro Elivelton tiveram diagnóstico positivo para o vírus. Os dois são reservas imediatos dos titulares Toty e Leonan, respectivamente e, em caso de substituição no decorrer do jogo, Bileu e Célio Santos devem ocupar a posição de forma improvisada.

Rival ambicioso

Líder do grupo e classificado antecipadamente à Série B, engana-se quem pensa que o Brusque virá a passeio no Arruda. O treinador Jerson Testoni, que ganhou o retorno do volante Rodolfo Potiguar, reforçou a ambição do grupo em conquistar uma vaga na final da Série C – e na disputa pelo bi nacional nos últimos dois anos.

“Quando iniciou a competição a gente colocou quatro objetivos para alcançar. O primeiro era manter a equipe na Série C, o segundo era passar de fase, o terceiro era o acesso e a quarto era buscar essa conquista, que é o título. Vamos em busca de mais um objetivo. Sempre trabalhamos no topo. E como eu conheço nosso grupo, sei que vamos fazer um jogo muito competitivo contra o Santa Cruz””, acrescentou.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending