conecte-se conosco

PESérie ASportÚltimas

Justiça concede rescisão e Gomez deixa Sport; meia cobra R$ 2,3 mi

Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife

Publicados

em

Após solicitar rescisão indireta na Justiça por débitos trabalhistas, o imbróglio entre o argentino Jonatan Gómez e o Sport ganhou novo capítulo nesta terça-feira. E que foi favorável ao meia. Isso porque o Tribunal atendeu o argentino e determinou a quebra imediata do contrato do jogador com o Leão, através de ofício expedido à Federação Pernambucana de Futebol e à CBF, já publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da entidade. O vínculo do atleta na Ilha do Retiro iria até o fim deste ano.

VEJA MAIS: Confira aqui outras notícias do Sport

No documento despachado, a juíza Marília Gabriela Mendes Leite afirma – apesar do Sport alegar demissão por justa causa – que o motivo da quebra do contrato, bem como a aplicação ou não da quantia pedida pelo argentino, no valor de R$ 2.345.848, 80, será definido em audiência, marcada para o dia 6 de abril, quando o clube apresentará a defesa.

LEIA: De saída, Jonatan Gomez aciona Justiça e cobra R$ 2,3 milhões do Sport

O montante cobrado por Gomez, aliás, refere-se a salários de carteira, direitos de imagem, bonificações contratuais e FGTS, conforme alega.

Gomez chegou, em fevereiro do ano passado, com boas expectativas no Sport após ter ido bem pelo CSA na Série A de 2019. Porém, não teve passagem marcante pelo Recife. No total, o jogador disputou 32 partidas pelo clube, com um gol e uma assistência.

O argentino foi o quinto jogador que vinha sendo utilizado com boa frequência a deixar o Sport no decorrer da Série A. Antes, haviam saído o lateral-direito Rafael, o volante Willian Farias, o meia Lucas Mugni e o atacante Elton. Pode-se acrescentar nesta lista de desfalques, ainda, o uruguaio Leandro Barcia, porém, este virou baixa por lesão.

Trending