conecte-se conosco

MASérie BÚltimas

Sonhando com acesso milagroso, Sampaio Corrêa visita o Cuiabá

Léo Condé comandou o último treino em Brasília, antes do jogo com o Cuiabá (Foto: Divulgação/Sampaio Corrêa)

Publicados

em

Só um milagre para o Sampaio Corrêa conseguir o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro. Cinco pontos atrás do 4º colocado, o CSA, a Bolívia precisa de uma série de combinações para subir de divisão. Porém milagres no futebol embora raros nunca podem ser descartados. E nesta sexta-feira, o Tricolor Maranhense pode dar mais uma chance da sua torcida sonhar, caso vença o Cuiabá na Arena Pantanal, às 21h30.

Na conta do milagre

Além de vencer o Cuiabá fora de casa e o Oeste no Castelão, em São Luís, o Sampaio Corrêa também terá que torcer para o CSA fazer no máximo um ponto diante de Brasil-RS e Náutico, e ainda que o Juventude não vença Figueirense e Guarani. Além disso, também tem o Avaí que precisa tropeçar com Guarani ou América-MG. Haja conta!

Elenco reduzido

Além de tudo isso, Léo Condé vê as opções do elenco ficarem cada vez mais reduzidas. Depois de perder o centroavante artilheiro da Série B Caio Dantas, negociado, o time praticamente não terá mais os laterais esquerdos do elenco para a reta final João Victor e Marlon, lesionados. Também o zagueiro Paulo Sérgio e o volante Eloir, acionado na esquerda contra o Confiança, estão entregues ao departamento médico.

Decisão para o Cuiabá

Outro fator que aumenta a complexidade do jogo para o Sampaio é o fato de ser a primeira grande decisão do Cuiabá, que pode confirmar o acesso inédito do clube para a Série A. Com 61 pontos, o Dourado ainda pode ser alcançado por CSA e Juventude, e precisa apenas um simples empate para cravar a vaga na Elite em 2021.

Arbitragem

Árbitro: Andre Rodrigo Rocha (TO)
Assistente 1: Evandro de Melo Lima (SP)
Assistente 2: Alberto Poletto Masseira AB SP

Como foi o 1º jogo

Na primeira partida, no Castelão, o Sampaio Corrêa foi absolutamente dominante sobre o Cuiabá. Com um 3 x 0 aplicado, com Luis Gustavo (6′), Caio Dantas (27′) e Jackson (89′), a Bolívia fez uma de suas melhores partidas na competição, se apresentando como um dos postulantes à luta pelo acesso.

Trending