conecte-se conosco

NáuticoPESérie BÚltimas

Náutico empata com o Cruzeiro e escapa de vez do rebaixamento

Avatar

Publicados

em

O aperreio dos alvirrubros acabou! Mesmo sem um grande desempenho contra o Cruzeiro, o Náutico fez o básico e conquistou o ponto necessário para escapar matematicamente do rebaixamento na Série B do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste domingo (24), no Independência, o Timbu ficou no 0x0 com o Cruzeiro, chegou aos 43 pontos e não corre mais risco de queda.

O Alvirrubro ficou na 15ª posição e não será mais alcançado por Figueirense e Paraná, times que estão no Z4. Na próxima rodada, apenas para cumprir tabela, o Timbu recebe o CSA, que briga pelo acesso, nos Aflitos, sexta-feira (29), às 21h30.

Quarto árbitro corrige erro

A partida teve logo no início um lance polêmico e que gerou reclamações dos dois lados. Aos nove minutos, Kieza recebe um belo passe e saiu na cara do goleiro. Fábio foi por baixo e com a mão tirou a bola, mas já estava fora da área. Os alvirrubros pediram a falta. Porém, o árbitro e o bandeira nada marcaram. Instantes depois, o quarto árbitro chamou Flávio Rodrigues de Souza para corrigir o erro. Assim, a falta foi marcada e o capitão cruzeirense foi expulso. Desta vez, as críticas foram do lado da Raposa questionando o quarto árbitro sobre a certeza dele na jogada pela distância em que estava. Na sequência, o jogo foi reiniciado com a saída de Rafael Sóbis para a entrada de Victor Eudes no gol do time mineiro.

Poucas chances alvirrubras

Com um jogador a mais, o Náutico teve 70% de posse de bola no primeiro tempo. Contudo, não conseguiu reverter isso em chances criadas e boas jogadas ofensivas. Foram apenas duas finalizações a gol. Na mais perigosa, Jean Carlos cobrou uma falta de longe e Victor Eudes espalmou para afastar o perigo. O Timbu tentou nas bolas paradas, mas também com pouca efetividade.

Náutico empata com o Cruzeiro em BH e consegue o ponto da permanência na B

Poucas emoções

A etapa complementar foi em um ritmo lento e de poucas emoções. Apenas no início o Cruzeiro assustou com uma cabeçada de Ramon para a grande defesa de Anderson e um chute de fora da área de Giovanni. O Náutico procurou ficar com a bola e atacar sem se expor. O técnico Hélio dos Anjos fez mudanças no setor ofensivo em busca de mais ímpeto no ataque, mas sem sucesso. No entanto, foi o suficiente para garantir o 0x0, o ponto e a permanência na Série B.

Ficha do Náutico

Estatísticas

Posse de bola: Cruzeiro 23% x 77% Náutico
Finalizações: Cruzeiro 9 x 11 Náutico
Finalizações no gol: Cruzeiro 2 x 3 Náutico
Passes certos: Cruzeiro 116 (70%) x 486 (88%) Náutico
Faltas: Cruzeiro 16 x 15 Náutico
Desarmes: Cruzeiro 9 x 8 Náutico
Defesas do goleiro: Cruzeiro 3 x 2 Náutico
Fonte: Sofascore

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Trending