conecte-se conosco

CEFortalezaSérie AÚltimas

Fortaleza joga bem, bate Coritiba no Castelão e deixa Z4

Leão do Pici contou com boa atuação de David para a voltar a vencer na Série A

Foto: Brasileirão, via Agif

Publicados

em

Superior e jogando bem, principalmente no primeiro tempo, o Fortaleza venceu o Coritiba por 3 a 1, de virada, na noite desta quinta-feira, no Castelão. Os gols do Leão do Pici foram marcados por David – teve boa atuação -, aos 43 minutos da etapa inicial, Nathan (contra), aos 44, e, na etapa complementar, Wellington Paulista fez o último aos 39 – nos acréscimos, o centroavante ainda desperdiçou pênalti.

E agora?

Com o resultado, o Tricolor foi aos 38 pontos, subiu ao 14º lugar e deixou a zona de rebaixamento – assim, o Sport, com 35 pontos, entrou na degola. Na sequência da Série A, o Fortaleza enfrenta o Vasco, na próxima quarta-feira, novamente no estádio Castelão.

Fortaleza começa com tudo

Precisando do resultado, o Leão do Pici começou em cima, impondo alta intensidade. Com boa movimentação no ataque, não demorou a criar boas chances. E a desperdiçá-las com David. No início do jogo, Osvaldo fez boa jogada e deu ótima enfiada para o atacante, que entrou livre, cara a cara, mas bateu mal de esquerda, em cima de Wilson.

À vontade e bem em campo, o Fortaleza continuou pressionando. Pouco depois, teve outra oportunidade, essa através de lançamento para Deivid, que arrancou da intermediária e, novamente, de frente para Wilson, chutou em cima do goleiro.

Quem não faz leva

Bem em campo, o Leão do Pici foi punido. E em um vacilo da defesa. Na faixa central, o meio de campo tricolor marcou mal e Ricardo Oliveira foi acionado por trás de Quintero e Paulão, sozinho. Cara a cara com Felipe Alves, o experiente atacante bateu bem para abrir o placar na primeira e única chance dos visitantes na primeira etapa, aos 27 minutos.

Tricolor sente o gol… mas conta com a sorte para colocar justiça no resultado

Em desvantagem, o Tricolor ficou apático em campo, sem o mesmo ímpeto que vinha tendo até ser vazado. Porém, chegou ao gol em jogada de sorte. Aos 43 minutos, após jogada de linha de fundo de David, o atacante cruzou e o zagueiro do Coritiba, Nathan Silva, ao tentar afastar, sozinho, marcou contra, deixando tudo igual.

Fortaleza melhora e vira com Deivid, se redimindo

Um minuto depois, o Leão do Pici conseguiu a virada. Embalado pelo empate, Deivid aproveitou lançamento e partiu por trás da defesa, finalizando bem, de esquerda, no canto, e se redimindo dos gols perdidos no começo da partida.

Segundo tempo mais ameno

A etapa complementar teve ritmo menor do que o primeiro tempo. Em vantagem, o Leão do Pici buscou ampliar, mas sem o mesmo ímpeto, alternando as ações – ora mais incisivo na frente, ora buscando administrar o jogo.

Mesmo assim Fortaleza amplia

Com essa postura, seguiu tendo mais posse de bola, rondando a intermediária, ainda que sem chances claras – Luiz Henrique e Igor Torres tiveram boa movimentação -, mais perto de fazer o terceiro do que levar o empate. E assim o fez. Aos 39 minutos, Wellington Paulista aproveitou cruzamento na área e marcou de letra para fazer ampliar o placar.

Pênalti perdido

Nos acréscimos, o Tricolor poderia ter tornado o jogo uma goleada. Aos 44 minutos, a arbitragem marcou pênalti após Rhodolfo interceptar chute com o braço, que estava colado. Na bola, Wellington Paulista bateu, mas Wilson defendeu. Porém, o goleiro se adiantou, tomou o segundo amarelo por isso e foi expulso. Na segunda batida do atacante, outro chute ruim, dessa vez defendido pelo meia Sarrafiore, que foi para o gol porque o Coxa já havia feito todas as substituções.

Poucos sustos atrás

Defensivamente, o Fortaleza quase não sofreu. Bem postado, viu também o próprio Coritiba, vice-lanterna, esbarrar nas limitações e mal oferecer perigo a Felipe Alves. Justa vitória do Leão do Pici por 3 a 1.

Trending