conecte-se conosco

CEFortalezaSérie AÚltimas

Enderson Moreira tem números superiores aos de Rogério Ceni no Fortaleza

Publicados

em

Desde a saída do técnico Rogério Ceni para o Flamengo, no início de novembro, o fantasma do ex-treinador do Fortaleza paira sobre o clube, com comparações de trabalho e o risco de queda de rendimento do time. Algo que ganhou ainda mais força após a péssima passagem de Marcelo Chamusca, o substituto imediato, no Tricolor. Porém, aos poucos, Enderson Moreira, o terceiro comandante do Leão no Brasileiro, vem conseguindo superar esse desafio. Com números, inclusive, melhores que os do próprio Ceni.

Veja mais: Enderson destaca crescimento e competitividade do Fortaleza

Dando o devido desconto pela quantidade de jogos em que cada um comandou o time nesta Série A, o aproveitamento do atual comandante do Fortaleza, após as vitórias seguidas sobre Coritiba e Vasco, fundamentais na luta contra o rebaixamento, se tornou melhor que o obtido por Rogério Ceni com o clube cearense no início da competição.

Até agora, em sete jogos à frente do Tricolor, Enderson Moreira somou 10 pontos, fruto de três vitórias, um empate e três derrotas. Um aproveitamento de 47,6% no período. Já Rogério Ceni, que antes de aceitar o convite do Flamengo havia dirigido o Fortaleza em 18 partidas do Brasileiro, somou 24 pontos, com seis vitórias, seis empates e seis derrotas. Um rendimento de 44,4%. Já os números obtidos por Marcelo Chamusca implodiram a campanha do Leão.

Em nove jogos, o treinador somou apenas sete pontos, com uma vitória, quatro empates e quatro derrotas. Um pífio aproveitamento de 25,9%. Quando entregou o time a Enderson, na 29ª rodada, o Fortaleza estava há seis jogos sem vencer no Brasileiro (três empates e três derrotas), porém ainda fora da zona de rebaixamento. Era o 15º colocado, com três pontos do Bahia, que abria a zona de rebaixamento, mas tinha um jogo a menos.

Agora, restando três rodadas para o término da competição, o Fortaleza se mantém na 15ª posição, mas com quatro pontos de vantagem para o Vasco, atual time que abre a área de degola, e o mesmo número de jogos. Para o departamento de matemática da Universidade Federal de Minas Gerais, o Tricolor do Pici possui apenas 2,1% de risco de queda.

Na próxima rodada, o Fortaleza pode sacramentar sua permanência na Série A, em caso de vitória sobre o Palmeiras, domingo, no Allianz Parque, aliada a derrotas de  Bahia e Vasco, frente Atlético-MG e Internacional, respectivamente, além de um tropeço do Goiás frente o já lanterna e rebaixado Botafogo.

Os aproveitamentos dos técnicos do Leão no Brasileiro

Enderson Moreira – 47,6% (10 pontos)
7 jogos – 3 vitórias, 1 empate e, 3 derrotas

Marcelo Chamusca – 25,9% (7 pontos)
9 jogos – 1 vitória, 4 empates e 4 derrotas

Rogério Ceni – 44,4% (24 pontos)
18 jogos – 6 vitórias, 6 empates e 6 derrotas

Trending