conecte-se conosco

EstaduaisPEPernambucanoSportÚltimas

Cheio de garotos, Sport vence Vera Cruz de virada no estreia do PE

Leão entrou em campo com apenas três atletas do profissional; maioria foi do sub-20

Foto: Anderson Stevens/ Sport Recife

Publicados

em

Na Arena de Pernambuco, um duelo de tempos distintos. Após o Vera Cruz dominar na etapa inicial e marcar com Pedrão (contra), o Sport voltou com tudo nos 45 minutos finais e, repleto de garotos da base, marcou três vezes, com Italo, Paulinho e Vinícius Popó, para fazer 3 a 1, na noite desta quarta-feira, pela Estreia do Campeonato Pernambucano.

E agora?

Na sequência do Estadual, o Vera Cruz faz o clássico com o Vitória-PE, no dia 7 de março, novamente na Arena. Já o Sport pega o Salgueiro, dia 3, na Ilha do Retiro.

Primeiro tempo de superioridade do Vera Cruz

O primeiro tempo foi de domínio do Vera Cruz, que teve espaço para jogar, uma vez que a marcação do Leão não funcionou. Assim, a equipe mandante empilhou entradas na área, com Danielzinho e, principalmente, Romarinho, porém, errou no último toque.

Com a bola, por sua vez, o Sport foi lento e pouco inspirado na etapa inicial. Homem de referência e estreante, Vinícius Popó praticamente não foi acionado. A única válvula de escape do Leão, aliás, foi pela direita com Elias e Paulinho, contudo, o time não conseguiu criar grandes chances.

Melhor em campo, o Vera Cruz chegou ao justo gol aos 35 minutos. E contou com ajuda rubro-negra. Após cruzamento de Léo Cotia, o zagueiro Pedrão tentou afastar, mas jogou contra a própria meta, no contrapé de Carlos Eduardo.

Sport domina na etapa complementar

No segundo tempo, outro jogo. E com superioridade absoluta do Sport. Melhor ajustado defensivamente, com as linhas mais próximas, diminuiu anulou o ímpeto do Vera Cruz. E com a bola, a molecada leonina esteve mais à vontade e confiante. Assim, rapidamente o rubro-negro assumiu o comando das ações. E fez seus gols.

Logo aos seis minutos, em boa jogada de Elias – única alternativa da etapa inicial -, o lateral se livrou da marcação pela direita e tocou para o meia da área, onde três jogadores do Sport aguardavam contra dois defensores. E após bate-rebate, a bola sobrou para Italo, que só empurrou para deixar tudo igual com a barra aberta.

Depois do gol, o Leão se impôs ainda mais. E viu o cenário ficar mais favorável. Isso porque, logo em seguida, o Vera Cruz ficou com um a menos: o zagueiro Matheus Serra fez falta dura e levou o segundo cartão amarelo. Melhor e em superioridade numérica, parecia questão de tempo a virada. E assim foi, com a ajuda do goleiro do Vera Cruz.

Jornada para esquecer de Serginho

Após cobrança de escanteio fechada de Paulinho, do Sport, Serginho foi mal para bola e deixou passá-la entre as mãos, levando um frangaço. E o gol atordoou de vez o Vera Cruz, que não mostrou reação nenhuma no jogo – Carlos Eduardo foi mero telespectador. Em cima, o Leão chegou acumulou chegadas na frente, com boa atuação de Marcos Serrato, mas errou no último toque. Até Vinícius Popó corrigir esse deslize.

Acionado em profundidade, o centroavante entrou cara a cara com Serginho e foi atropelado pelo goleiro dentro da área, sendo assinalado pênalti. Na bola, aos 26 minutos, o próprio Popó bateu bem para ampliar.

Mexidas

Após o terceiro gol, o técnico Ricardo Severo rodou time, a fim de dar minutagem aos promissores atletas da base leonina. Assim, a partida seguiu sem novas grandes chances, com uma justa vitória após segundo tempo avassalador da molecada.

Ficha

Vera Cruz
Serginho; Léo Cotia, Ruan, Matheus Serra, Wendell; Ramires, (Índio), Daniel Santos (Everton), Vitinho; Romarinho (Manteiga), Edson Pernambucano (Vitor Leão) e Pedro Maycon. Técnico: Romulo Oliveira

Sport
Carlos Eduardo; Elias (Arielton), Pedrão, Renzo (Ryan), Victor Gabriel; Pedro (Deyvson), Italo, Marcos Serrato, Pablo Pardal; Paulinho (Matheusinho) e Vinícius Popó (Igor). Técnico: Ricardo Severo

Gols: Pedrão contra (Vera Cruz); Italo, Paulinho e Vinicius Popó (Sport)
Cartões amarelos: Matheus Serra, Ramires (Vera Cruz); Pedrão, Renzo, Victor Gabriel, Italo (Sport)
Cartão vermelho: Matheus Serra (Vera Cruz)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending