conecte-se conosco

BABahiaBaianoSérie AÚltimas

Gregore se despede do Bahia: ‘Entrou na minha vida, no meu coração’

Publicados

em

O volante Gregore, uma das peças mais importantes do elenco do Bahia nas últimas três temporadas, fará a sua despedida do Esquadrão nesta quinta-feira (25), na Fonte Nova, diante do Santos. Depois de 167 partidas disputadas – contando com a desta quinta – e dois gols marcados, ele deixa o Tricolor de Aço rumo ao Inter Miami, vendido por um valor que, nos bastidores, é próximo dos US$ 4 milhões (em torno de R$ 21,6 milhões). Ao longo desse período todo, o meio-campista agradece ao Bahia.

“Classifico como uma passagem muito boa, aprendi muito aqui, evolui muito como atleta e ser humano também. Ganhei títulos aqui, gostaria de ter ganhado mais títulos de maior expressão, porque o clube merece. E o que levo daqui da cidade, do clube, é essa energia maravilhosa da Bahia, que entrou na minha vida, no meu coração, e me fez ser a pessoa que sou hoje”, disse Gregore.

A partida diante do Santos, válida pela última rodada da Série A, traz também uma ambição a Gregore, porque pode valer a classificação do Tricolor para a Sul-Americana. Mesmo acertado com o clube estadunidense, o volante garante a mesma disposição para buscar o triunfo para o Esquadrão.

“Acho que todo jogo em que entro, entro para dar o meu melhor, deixar tudo dentro de campo para ajudar o clube. Não nego que é um sentimento estranho, porque é uma despedida em uma partida importante. Mas vamos focar na partida antes de mudar de clube e deixar o Bahia onde ele merece estar”, acrescentou.

Ao todo, Gregore conquistou três campeonatos baianos com o Tricolor. Porém, mesmo feliz por ter vencido o Estadual, ele disse que gostaria de ter levantado outros títulos com o clube. “Eu queria ter ganhado títulos maiores aqui, Sul-Americana, que a gente chegou perto, Copa do Brasil também, que era um título importante para o clube. Mas o sentimento que tenho é de felicidade”, pontuou.

Sobre um possível retorno no futuro, o jogador deixou as portas abertas. O carinho que possui pelo Bahia e toda a identificação geraram uma marca no atleta. O apoio da torcida também influencia bastante nisso e, caso seja a situação de voltar daqui a um tempo, ele afirma que gostaria, sim. “Sempre tomei cuidado para não entrar em nenhum tipo de polêmica que poderia ter manchado a minha passagem aqui. Se futuramente houver acordo de ambas as partes, voltarei feliz e motivado”, encerrou Gregore.

Trending