conecte-se conosco

PESportÚltimas

Oficial: Fifa proíbe Sport de registrar atletas por dívida referente a André

Punição entrou em vigor nesta segunda por débito de 907 mil euros com o Sporting-POR

Foto: Anderson Stevens/ Sport Recife

Publicados

em

Após notificação na semana passada, a Fifa impôs ao Sport a proibição de registrar jogadores nesta segunda-feira. O motivo é sabido: a dívida de 907 mil euros (R$ 5,7 milhões segundo a cotação atual) que o Leão tem junto ao Sporting-POR pela contratação de André, em 2017, o que gerou a ação na entidade internacional.

VEJA MAIS: Confira aqui outras notícias do Sport

Desta forma, a equipe pernambucana não pode regularizar contratações ou renovações de vínculo.  A informação foi confirmada via assessoria de imprensa pela CBF, que é responsável por administrar o Boletim Informativo Diário (BID), sistema de inscrição de atletas no Brasil.

Nos últimos dias, tanto o vice-presidente jurídico, Manoel Veloso, quanto o próprio Sport em nota oficial, afirmaram que o clube vai utilizar parte da premiação da Série A para pagar o Sporting-POR. Por ter ficado no 15º lugar, o Leão recebeu R$ 11,9 milhões de bônus. Efetuando o pagamento, aliás, o BID é desbloqueado de forma imediata, segundo a Fifa.

O imbróglio envolvendo André, aliás, se arrasta desde o início do ano passado, quando a Fifa acionou e, posteriormente, notificou o Sport do débito. Envolto em grave crise financeira, o Leão até aqui não vem conseguindo levantar recursos necessários, uma vez que o time português só aceita o pagamento à vista e até direitos econômicos de atletas, algo que a equipe pernambucana chegou a oferecer como nos casos de Adryelson e Juninho.

De acordo com as diretrizes da Fifa, inclusive, em caso do não cumprimento do pagamento da dívida mesmo após a proibição do registro de atletas, outras sanções podem ser aplicadas, como perda de pontos e rebaixamento de divisão. A entidade, porém, não dá detalhes sobre prazos ou punições.

Já ocorreu 

O Sport, inclusive, já sofreu esta punição de ficar impedido de inscrever atletas. Foi em outubro do ano passado, por uma dívida com o Olheiros-POR relativa ao jogador Diego Filipe. Poucos dias depois, entretanto, o clube a solucionou o débito e voltou a ter acesso ao registro de jogadores. 

Trending