conecte-se conosco

ALBABahiaCopa do NordesteCSAÚltimas

CSA vence Bahia e assume liderança do Grupo B do Nordestão

Avatar

Publicados

em

A intensidade definiu a partida entre CSA e Bahia, no Rei Pelé, na noite desta terça-feira (23). Venceu quem correu, se dedicou e se aplicou. Nem precisou ser durante os 90 minutos, bastaram 45. Com superioridade no primeiro tempo, a equipe alagoana venceu por 2×0 com gols de Dellatorre e Marco Túlio, entrou no G4 do Grupo B da Copa do Nordeste e assumiu a liderança. No segundo tempo, o Tricolor equilibrou o jogo, perdeu um pênalti com Rodriguinho e não conseguiu reagir.

Confira a classificação da Copa do Nordeste

No primeiro lugar da chave com nove pontos, o CSA enfrentará na próxima rodada o Ceará, na quarta-feira (31), às 19h30, no Castelão. Já o Bahia, que lidera o Grupo A com sete pontos, enfrentará o Altos, domingo (28), às 16h, em Pituaçu.

Vídeo: Veja os gols da vitória do CSA sobre o Bahia pelo Nordestão

Intensidade alagoana

A diferença de velocidade em campo entre as duas equipes ficou evidente desde o início. Tanto CSA quanto Bahia buscavam ter a posse de bola e trocar passes de defesa para o ataque. Porém, o Azulão foi o time que teve mais intensidade. Pressionou a saída de jogo do adversário, arriscou de fora da área e quase fez um gol com Gabriel em arremate de longe. O Tricolor, tentando sair com toques curtos da defesa, correu riscos e poucas vezes chegou ao ataque.

Na conta de Douglas

Os gols, no entanto, saíram apenas da metade para o final do primeiro tempo e com falhas de Douglas. O CSA já estava melhor em campo e a contribuição do goleiro apenas deu justiça ao placar do Rei Pelé. Aos 28 minutos, após cobrança de falta na área, Douglas tentou encaixar, a bola escapou e Dellatorre completou com tranquilidade para o fundo das redes. O atacante é o artilheiro do Nordestão com quatro gols e marcou, no total, oito vezes na temporada em oito jogos.

O Tricolor tentou responder na sequência em chute de Patrick, que passou perto da meta alagoana. Porém, o CSA logo tratou de ampliar a vantagem. Aos 35, o Azulão apertou a saída de bola do Bahia, Dellatorre disputou a bola e Marco Túlio chutou forte para marcar o segundo. Douglas ainda tentou defender, mas a bola passou por baixo dele e entrou.

Pênalti perdido esfria reação

O Bahia voltou para o segundo tempo com uma postura diferente. Equilibrou o duelo, pressionou e cedeu espaços para o contra-ataque. O duelo ficou aberto. O Azulão desperdiçou a chance de matar o jogo e correu o risco de ver o adversário diminuir o placar. A reação, contudo, esfriou antes mesmo de iniciar. Aos 27 minutos, Gilberto recebeu, entrou na área e foi derrubado por Lucão. O árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Rodriguinho mandou no travessão e acabou de vez com as pretensões do Tricolor na partida.

Ficha do Jogo

CSA 2
Thiago Rodrigues; Cristovam, Lucão, Rodolfo Filemon e Vitor Costa (Fabrício); Geovane, Silas (Marquinhos) e Gabriel (Iury); Rodrigo Pimpão (Ítalo), Marco Túlio (Silvinho) e Dellatorre. Técnico: Mozart.

Bahia 0
Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Matheus Bahia (Juninho Capixaba); Patrick (Alesson), Edson (Ramon) e Daniel; Rodriguinho, Gabriel Novaes (Rossi) e Gilberto. Técnico: Dado Cavalcanti.

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió. Gols: Dellatorre (CSA), aos 28 do 1ºT; e Marco Túlio (CSA), aos 35 do 1ºT.  Cartões amarelos: Gabriel, Thiago Rodrigues e Vitor Costa (CSA); Patrick. Ramon e Gilberto (Bahia).

Foto: Augusto Oliveira/CSA

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending