conecte-se conosco

NáuticoPEPernambucanoÚltimas

Náutico empata com Afogados e perde os 100% de aproveitamento no Estadual

Avatar

Publicados

em

O Náutico conheceu o seu primeiro tropeço no Campeonato Pernambucano. Na noite desta segunda-feira (26), o Timbu ficou no empate por 2×2 com o Afogados, nos Aflitos, pela 8ª rodada, e perdeu os 100% de aproveitamento na competição. Vinícius e Wagner Leonardo marcaram os gols alvirrubros, enquanto Jordan e Gabriel Gonçalves balançaram as redes para os visitantes.

O empate evitou que o Náutico quebrasse o recorde do melhor início de vitórias de sua história no Estadual. Assim, se igualou aos anos de 1959, 1982, 1998 e 2002. Mas, apesar do resultado, o Timbu está garantido na liderança com 22 pontos e enfrentará o Sport, no próximo domingo (2), às 16h, na Ilha do Retiro.

Já o Afogados ficou no 4º lugar com 11 pontos. Na última rodada, a equipe sertaneja enfrenta o Santa Cruz, no Vianão.

Com 4 gols no 1T, Náutico empata com o Afogados nos Aflitos e breca a largada 100%

Alta rotação

Intensidade e alta rotação podem definir o primeiro tempo da partida nos Aflitos. As duas equipes entraram em campo em um ritmo alucinante, com velocidade e gols para movimentar o placar.

O Timbu saiu na frente aos sete minutos. Rafinha cruzou da direita e Vinícius, de cabeça, mandou para o fundo das redes. A vantagem, no entanto, não foi mantida por muito tempo. Aos 14, Vinícius Vargas chutou, Alex Alves espalmou e Jordan mandou para o gol sem chances para o goleiro do Náutico.

Sem sentir o empate, os alvirrubros seguiram em cima e logo tomaram a frente do marcador aos 17. Rafinha, mais uma vez, cruzou e Wagner Leonardo cabeceou para fazer 2×1. O problema é que o Timbu chegou a criar outras oportunidades, principalmente com Kieza, e não aproveitou. O castigo veio aos 35 minutos. Gabriel Gonçalves cobrou uma falta da entrada da área, a bola passou no meio da barreira e entrou.

Pressão até o final

O segundo tempo foi praticamente um jogo de ataque contra defesa. O Afogados recuou e deu a bola ao Náutico, que rondou a área adversária, mas não conseguiu penetrar com efetividade. Foram poucas chances claras. Na melhor delas, Kieza entrou na área livr e na cara do goleiro deu uma cavadinha. A bola bateu no travessão e a defesa afastou.

O técnico Hélio dos Anjos fez mudanças para deixar o time mais ofensivo. Principalmente quando o Afogados perdeu o atacante Bravo, expulso. Mas nem isso adiantou. Nos acréscimos, Paiva ainda acertou a trave e parou por aí para a festa do Afogados e a lamentação dos alvirrubros.

Ficha do jogo

Náutico 2
Alex Alves; Hereda (Bryan), Ronaldo Alves, Wagner e Rafinha (Paiva); Rhaldney, Luiz Henrique (Matheus Carvalho) e Marciel (Juninho Carpina); Erick (Giovanny), Vinícius e Kieza. Técnico: Hélio dos Anjos.

Afogados 2
Léo; Heverton, Arlan, Thalison (Wendel Nery) e Gabriel (Janelson); Dim, Jordan (Wander) e Vargas; Arêz, Frank (Juninho Barros) e Felipe (Bravo). Técnico: Sérgio China.

Local: Estádio dos Aflitos, no Recife. Gols: Vinícius (Náutico), aos 7 do 1ºT; Jordan (Afogados), aos 14 do 1ºT; Wagner Leonardo (Náutico), aos 17 do 1ºT; Gabriel Gonçalvez (Afogados), aos 35 do 1ºT. Cartões amarelos: Matheus Carvalho, Paiva, Kieza e Rhaldney (Náutico); Bravo, Arlan e Thalison (Afogados). Cartão vermelho: Bravo (Afogados).

Foto: Tiago Caldas/CNC

Trending