conecte-se conosco
Guilherme Bellintani Guilherme Bellintani

BABahiaBaianoEstaduaisÚltimas

Por choque com final do Nordestão, Bahia solicita à FBF mudança de data da semi do Estadual

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

Publicados

em

Mais um capítulo foi dado entre o imbróglio com o Bahia e a FBF. Após a entidade marcar o jogo de ida da semifinal do Estadual contra o Bahia de Feira para este sábado, mesmo dia da decisão pelo título da Copa do Nordeste, quando o Tricolor encara o Ceará, o vice-presidente do clube, Vitor Ferraz publicou em suas redes sociais que o Esquadrão solicitará à Federação alteração da data do jogo. O ofício, inclusive, já foi enviado.

Pelo definição da FBF, o Bahia, que usa o time sub-23 para o Estadual, encara o Bahia de Feira às 19h30, em Feira de Santana, duas horas depois da equipe principal duelar com o Ceará, em Fortaleza, pelo título do Nordestão.

O nó da questão se deu porque, em entrevista à Rádio Sociedade, o vice-presidente da FBF, Wanfredo Lessa, justificou que a escolha pela data, segundo o regulamento da competição, é determinada pelo somatório de pontos de audiência entre os classificados. Ou seja, as equipes que tiverem a maior visibilidade é quem decidem se vão jogar no sábado ou no domingo.

“Esse jogo é fácil de explicar: a TVE tem compromisso com a Federação de transmitir dois jogos por rodada, e a TVE tem interesse em transmitir os dois jogos. Pelo regulamento, a somatória de pontos entre as equipes classificadas é que vai determinar quem vai jogar no sábado ou no domingo. Se vocês pegarem a somatória de Juazeirense e Atlético (dois outros classificados para as semifinais), aparece em 31 pontos. A somatória dos pontos de Bahia e Bahia de Feira chega a 30 pontos, por isso o jogo do Bahia está programado para o sábado. E na nossa cabeça não tem diferença nenhuma, se é sábado ou domingo, porque o Bahia usa uma outra equipe, usa uma outra comissão técnica”, disse Wanfredo.

Porém, segundo a direção tricolor, respaldada pelo regulamento do Campeonato Baiano, a justificativa dada por Wanfredo Lessa não aparece em nenhum dos 61 artigos presentes no documento. Alfinetando a Federação, o vice-presidente Vitor Ferraz disse que o clube, requisitando o ofício para o time jogar neste domingo, um dia após a final contra o Ceará, daria ‘a oportunidade para a FBF mostrar se realmente não está interessada em prejudicar o Bahia’.

Trending